Início do conteúdo

Nota da UFPel sobre a violência contra os kaingangs no RS

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) vem a público denunciar a violência que vem sendo cometida em áreas Kaingang no Rio Grande do Sul. A UFPel está particularmente consternada com a situação a qual indígenas, incluindo estudantes da Universidade, estão sendo submetidas na Aldeia de Serrinha, no município de Ronda Alta. Há relatos de perseguição, tortura e assassinatos motivados por arrendamento ilegal de terras indígenas. Neste momento de profunda indignação, a UFPel se une ao Conselho Indigenista Missionário (CIMI), Regional Sul, ao exigir que os órgãos federais competentes tomem as providências urgentes e necessárias para impedir que a escalada da violência na região resulte em mais perseguição e mortes.

Publicado em 17/10/2021, em Notícias. Marcado com as tags indígenas, nota, Nota da Gestão.