Início do conteúdo

Nota da Gestão – Reunião com diretoria da ADUFPel-SSind

A Gestão Central da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) realizou reunião com a nova diretoria da ADUFPel-SSind nesta segunda-feira, 12 de julho. Na ocasião, dentre vários assuntos, destacaram-se alguns, como o Parecer Normativo N. 49, sobre a obrigatoriedade da gravação das aulas síncronas.

A vice-reitora, professora Ursula Silva, salientou que tal solicitação foi uma demanda apresentada ao COCEPE pelos estudantes, pois mesmo tendo acesso à internet, em alguns momentos podem não ter possibilidade de assistir a aula síncrona e, com a mesma gravada, podem acessá-la a qualquer tempo. Nesse sentido, o Conselho deliberou pela gravação das aulas, o que não representaria nenhuma espécie de ingerência sobre a liberdade de Cátedra. A proposta foi para que o registro do encontro ficasse disponível para os alunos poderem assistir de forma assíncrona, muitas vezes a única forma de acesso aos conteúdos das disciplinas. Outro ponto discutido foi o limite de matrícula em sete disciplinas por aluno, o qual pode ser alterado a partir de cada colegiado. Portanto, cada curso tem a liberdade para permitir mais disciplinas, um ponto que foi discutido também no COCEPE.

Na reunião, também foi debatida a portaria 965, a qual trata das normativas sobre o retorno presencial das atividades acadêmicas. A gestão da UFPel informou que o parecer foi discutido amplamente e formulado pelo Comitê Covid-19 da Universidade, que possui formação técnica acerca do assunto e, por isso, trata-se de uma instância de discussão qualificada para tomar as decisões, por se tratar de conteúdos muito específicos.

O pró-reitor de Planejamento, professor Paulo Ferreira Júnior, destacou que a portaria versa tecnicamente sobre a segurança sanitária, seguindo um protocolo de biossegurança na Universidade, o qual foi construído por um comitê multidisciplinar que assessora a UFPel desde o início da pandemia. Dessa maneira, as normas apresentam apenas questões bastante técnicas, não definida diretamente pela Gestão Central.

Outro assunto que mereceu destaque foi em relação ao artigo 7 da mesma portaria, o qual está fundamentado na preocupação com o rígido cumprimento das regras sanitárias dentro da UFPel, não se tratando de qualquer forma de intimidação. A Gestão acredita que o monitoramento de informações acerca de atitudes de servidores e discentes são fundamentais para orientar e resguardar a saúde e a vida de todos, frente à situação da pandemia. A gestão acredita que a regulamentação institucional é fundamental para que todos possam conviver em harmonia frente ao cenário que se coloca de enfrentamento a uma grave crise de saúde.

Nesse sentido, a UFPel acredita que está tratando de maneira responsável todas as frentes para que normas de biossegurança sejam atendidas e que possam ser diminuídos quaisquer problemas de disseminação da Covid-19. Tudo o que se está planejando tem fundamentação técnica, baseada na responsabilidade da biossegurança para todos e todas.

Publicado em 13/07/2021, em Notícias. Marcado com as tags nota, Nota da Gestão.