Início do conteúdo

Live alusiva ao Dia da Enfermagem aborda um ano de resistência na luta contra a Covid-19

O projeto de extensão “Coletivo Hildete Bahia: Diversidade e Saúde”, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), promove no dia 13, às 19h30min, a live “1 ano de Resistência: a Enfermagem na Luta Contra a Covid-19”. O evento é alusivo ao Dia Internacional da Enfermagem e do Enfermeiro. A transmissão será feita pelos canais do Coletivo no Facebook e no YouTube. Haverá certificado de participação.

Março marcou o primeiro ano de pandemia do novo coronavírus, período de inúmeras descobertas sobre o vírus e as formas de combate, mas também de perdas significativas de profissionais da Enfermagem no ano em que se comemorava os 200 anos do nascimento de Florence Nightingale (a precursora da Enfermagem), através da campanha global intitulada “Nursing Now”.

Em 2020 o Coletivo promoveu a live “A saúde mental dos profissionais de Enfermagem na linha de frente ao Covid-19”. Em 2021, marcando um ano dessa primeira live, novamente foi convidada a professora Luciane Prado Kantorski, além da enfermeira Ana Cândida Bálsamo. A mediação será da acadêmica do 5°semestre do curso de Enfermagem e técnica de enfermagem da linha de frente do combate ao Covid-19 Quênia Costa. Elas irão discutir a situação da Enfermagem em um momento de agravamento da pandemia, quando centenas de pessoas morrem diariamente no Brasil e a Enfermagem se encontra sobrecarregada, em processo de adoecimento físico e mental.

Conforme os organizadores, cabe destacar a importância da Enfermagem no cenário atual, quando milhares de profissionais da categoria encontram-se na linha de frente do combate ao Covid-19 cuidando diariamente da população brasileira, na busca da recuperação e da produção da saúde e da vida em meio ao caos público.

Durante a live o Coletivo também lançará a seleção para novos integrantes.