Início do conteúdo

Curso de Gastronomia promove o evento Chefs na Rua

DSC_0215 Os alunos do segundo semestre da Gastronomia estão recém no início do curso, mas já pensam na formatura. Para começar a captar recursos, a turma realizou nesta terça-feira (10) a primeira edição do Chefs na Rua. O evento foi realizado no Campus Anglo e ofereceu comida de rua com preços acessíveis.

O cardápio foi inspirado em eventos que ocorrem em Tóquio, e já vieram para São Paulo e Porto Alegre, por exemplo. Neles, chefs saem às ruas para fazer pratos mais simples, como coxinha, croquete, hambúrguer. O foco é a sociedade que não tem tanto poder aquisitivo e que não costuma estar inserida no público atingido pelos chefs.

O evento de ontem ofereceu hambúrguer, tapioca doce e salgada, kibe e espetinho. Além dos doces, que incluíram brigadeiro gourmet, minicuca, cupcake, torta de limão e panelinha de chocolate. Todos custando entre R$3,00 e R$8,00. Para beber, refrigerante, água e chocolate quente. Os pratos receberam um toque gourmet que foge da comida de rua tradicional. São toques que os alunos aprendem em aula e que incrementam a receita. Por exemplo, o molho do hambúrguer e a amarula que foi acrescentada no brigadeiro.

No domingo, os cozinheiros fizeram o pré-preparo na cozinha do Anglo, que é o seu laboratório, para agilizar o atendimento na hora. Também fizeram todos os pratos para testar. A produção no dia foi dividida como em uma cozinha, por praças, onde cada uma teve uma equipe responsável por um tipo de comida específico.

Para viabilizar o Chefs na Rua, a turma juntou dinheiro próprio, do curso e de patrocinadores. A iniciativa e organização foram dos alunos, contando com o coordenador do curso de Gastronomia, Alcides Gomes, para as questões burocráticas. Em menos de um mês, a ideia foi posta em prática. Apesar da correria, tudo ficou pronto a tempo.

DSC_0255O sucesso foi comprovado pelas longas filas e pelo rápido fim do estoque. Programado para iniciar às 10h e terminar às 22h, durou apenas até as 16h30, quando o último hambúrguer foi vendido.

A turma fez uma escala de trabalho para dividir os horários. Mabel Barum, aluna da Gastronomia, chegou às 16h30 para trabalhar no caixa, como estava combinado. Acabou ficando só para a finalização, limpar o local, fechar as barracas. Conta que o grupo não tinha ideia da repercussão que o evento teria, que foi um sucesso total. Para ela, a turma estava motivada e foi um trabalho de equipe muito bom.

Para a estudante de Jornalismo Tatiana Santos, a ideia foi muito criativa, a comida e a organização estavam ótimas e o preço justo.

“Achei um evento super organizado e que vai contribuir bastante para a formação dos alunos. Além de tornar a Gastronomia visível dentro da UFPel”, opina Vanessa Kleber, que também prestigiou o Chefs na Rua.

Mabel diz que o intervalo mínimo até o próximo Chefs na Rua deve ser de ao menos um mês, para que possam preparar tudo, corrigir erros, ter novas ideias e fazer algo já mais elaborado. Um dos alunos organizadores, Radiciu Oliveira, diz que a intenção é expandir o evento a nível municipal, não ficar apenas nas dependências da UFPel.

Publicado em 16/06/2014, em Destaque, Notícias.