Início do conteúdo

UFPel avaliará transporte para o Capão do Leão

DSC09958 Um grande programa de ensino, reunindo docentes e técnicos de diversas unidades da Universidade, para o qual serão convidados a participar a Secretaria de Mobilidade Urbana da Prefeitura de Pelotas e o Sest/Senat, será o responsável por elaborar estudo de viabilidade da adoção do transporte gratuito para o campus Capão do Leão da UFPel. A decisão foi tomada durante a primeira reunião, realizada na manhã da quarta-feira(10), do Grupo de Trabalho instalado na Universidade para encaminhar soluções aos problemas referentes ao transporte coletivo para o campus Capão do Leão.

O gabinete da reitoria chamará duas reuniões para encaminhar a medida. Uma com diretores das unidades de ensino de áreas afins com o tema e com a Pró-Reitoria de Graduação e outra com a Secretaria de Mobilidade Urbana e Senat. Os estudos deverão contemplar assuntos como os investimentos necessários para a constituição de uma frota de ônibus, manutenção, contratação de motoristas e aspectos legais da adoção da gratuidade, entre outros.

O grupo, formado pelo reitor Mauro Del Pino, pelo pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento, Luiz Osório Rocha dos Santos, pela pró-reitora de Assuntos estudantis, Rosane Brandão, pelo representante da Pró-reitoria de Infraestrutura, Gilberto Carvalho, e pelos acadêmicos Tony Sechi e Germano Pollnow, entendeu que, devido às dificuldades orçamentárias da Universidade, não seria possível neste momento licitar o estudo de viabilidade a uma empresa de consultoria privada.

Ao mesmo tempo em que se desenvolverá o Programa, o Grupo acompanhará a tramitação do projeto do Governo do Estado de passe livre para as áreas metropolitanas, que já está na Assembleia Legislativa, mas que perdeu o caráter de urgência inicialmente pedido pelo Executivo.

Um cronograma, cujo ponto final deverá ser o fim do ano, regulará os trabalhos do grupo que fará o estudo de viabilidade. A realização do Programa de Ensino será oficialmente comunicada à comunidade acadêmica na data definida quando da manifestação do Movimento Pé na Catraca na reitoria, feita no dia 20 de junho, que será em 29 de julho, na abertura da Semana Acadêmica da Agronomia. A constituição do GT Transporte foi definida durante a manifestação de 20 de junho.

Passe Livre
Na segunda-feira (15) à tarde, ocorre a primeira reunião entre técnicos da Universidade e da Metroplan para trocar informações e começar estudos sobre a gestão do passe livre, decorrente do projeto do Governo do Estado, nas linhas metropolitanas para o campus Capão do Leão. Nesta semana, o diretor-superintendente da Metroplan, Oscar Escher, visitou a Universidade e acertou o esforço conjunto das duas instituições para realizar estudos com relação ao tema.

Publicado em 11/07/2013, em Manchete.