Início do conteúdo

UFPel articula passe livre para Capão do Leão

A Reitoria da UFPel está articulando com a direção da Metroplan a implantação do passe livre para estudantes de Pelotas para o Capão do Leão. A medida beneficiará os acadêmicos da Universidade residentes em Pelotas e que estudam no Campus Capão do Leão da UFPel.

Na segunda-feira (8), às 11h, no Gabinete da Reitoria, Del Pino recebe o diretor-superintendente da Metroplan, Oscar Escher, e um técnico da Fundação, para tratar da implementação do passe livre. O encontro com Escher foi articulado pela deputada estadual Miriam Marroni.

Na quarta-feira, dia 10, às 8h30min, reúne-se o Grupo de Trabalho formado na Universidade, com representações da Administração Superior e dos estudantes, formado para tratar sobre o transporte para o campus Capão do Leão. O Grupo foi composto recentemente, durante tratativas com o Movimento Pé na Catraca, visando a busca de alternativas para solucionar os problemas de transporte ao campus Capão do Leão.

Projeto
O governador Tarso Genro entregou no fim da manhã desta terça-feira ao presidente da Assembleia Legislativa, Pedro Westphalen, o projeto de lei que, se aprovado pelos deputados, garantirá o passe livre para cerca de 200 mil estudantes, de 63 municípios gaúchos. O benefício será assegurado aos passageiros da Região Metropolitana de Porto Alegre e Aglomerações Urbanas da Zona Sul, onde se inclui a aglomeração de Pelotas e Capão do Leão, Nordeste e Litoral Norte do Estado. O ato ocorreu na sala da presidência e contou com a presença dos demais deputados.

No sul do Estado, a nova lei beneficiará diretamente os estudantes de Arroio do Padre, Capão do Leão, Pelotas, Rio Grande e São José do Norte, desde que estejam matriculados em uma instituição regular de ensino. O limite será de duas passagens diárias, somente em dias úteis.

O projeto foi protocolado em regime de urgência, o que dispensa a tramitação pelas comissões da casa e garante a votação em um prazo máximo de 30 dias.

“Nosso objetivo é de que o passe livre seja implementado já a partir do mês de agosto”, disse Tarso, que afirmou ainda que o Rio Grande do Sul está à frente do resto do país em todas as pautas apresentadas recentemente pelos movimentos sociais nas ruas.

UFPel
Ainda na sala da Presidência da Assembleia, logo após Tarso entregar o documento aos parlamentares, Miriam Marroni conversou com o diretor-superintendente da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), Oscar Escher. Ele garantiu que os estudantes que se deslocam diariamente entre Capão do Leão e Pelotas serão beneficiados, porém, há a necessidade de uma tratativa entre a UFPel e a Metroplan, antes da implementação do passe livre.

A nova lei
• A proposta do governador Tarso Genro é disponibilizar, por dia, duas passagens intermunicipais aos estudantes matriculados em instituições regulares de ensino. O subsídio será custeado pelo Governo do Estado;

• Se aprovada, a nova lei deverá valer a partir do dia 1º de agosto de 2013;

• Na segunda-feira, às 11h, na Reitoria, uma reunião entre a UFPel e a Metroplan debaterá a implementação do benefício para os estudantes que se deslocam diariamente entre Pelotas e Capão do Leão.

Publicado em 04/07/2013, em Manchete.