Início do conteúdo

Gestão mostra diagnósticos e desenha ações

dscn0451.JPG Reunida no Centro de Pesquisas Epidemiológicas, a Administração Superior da UFPel elabora, durante toda a sexta-feira(28) e todo o sábado, um profundo diagnóstico dos primeiros meses de gestão e desenha ações para o restante do mandato. Todas as pró-reitorias e órgãos vinculados aos gabinetes do Reitor e do Vice-Reitor estão fazendo apresentações de como encontraram seus setores o sobre o que planejam a curto, médio e longo prazos. Um documento será elaborado a partir do evento, que congrega cerca de 80 participantes.

dscn0422.JPG Na abertura do Seminário de Gestão, o reitor Mauro Del Pino lembrou que o encontro objetiva avaliar as ações dos primeiros 120 dias de administração, o que foi cumprido e o que não foi realizado. “Daqui tiraremos um suporte político e técnico para seguir em frente, saberemos o que falta fazer e elaboraremos cronogramas, para que no fim dos quatro anos possamos estar com o dever cumprido”, ressaltou Del Pino.

O reitor disse ainda que esta gestão assumiu com uma grande expectativa da comunidade acadêmica. “Hoje temos o dever de mostrar que é possível fazer uma gestão participativa, democrática e com um forte compromisso social, criando uma nova cultura acadêmica na Universidade, a da participação direta”, sublinhou o reitor.

Ele lembrou os recentes movimentos de reivindicações dos alunos da Universidade, dizendo que são pautas prioritárias e emergenciais. “Temos de estar atentos às vozes da Universidade e ao que vem das ruas da cidade, do Estado e do País, e nos perguntar, o que temos a ver com isso?”, refletiu.

Del Pino disse também que a Instituição tem muitos desafios pela frente, como as realizações da Estatuinte, do Plano Diretor e do Plano de Desenvolvimento Institucional, entre outros. Tendo cumprido agendas em Brasília nesta semana, o reitor informou que há a possibilidade de a Universidade receber recursos do MEC, de custeio e de capital.

Resgate
dscn0431.JPG “É um momento para termos uma noção do todo, conhecermos cada uma das ações”, observou o vice-reitor, Carlos Mauch, no ato de abertura do encontro. Para Mauch, a Universidade começa a resgatar sua respeitabilidade e a construir uma imagem diferente do que tinha. “A Instituição está retomando sua moral e sua auto-estima e mostrando sua nova cara para a sociedade”, frisou.

Para Mauch, neste sentido, o Seminário é importante porque mostra o que está sendo feito e que as mudanças já começam a ocorrer. “No fim dos quatro anos, teremos uma Universidade muito diferente”, projetou.

Programa

28/06 Sexta-feira – Reitor e Vice e Pró-reitorias

08h 30min Elementos para uma avaliação de 120 dias – Reitor e Vice.

Apresentação das Pró-reitorias Acadêmicas.
09h Extensão e Cultura
10h Graduação
11h Pesquisa e Pós-Graduação
12h – 13h Debate geral sobre as pró-reitorias.
13h – 14h Intervalo almoço

Apresentação das Pró-Reitorias “meio”
14h Administrativa
15h Infraestrutura
16h Assuntos Estudantis
17h Gestão de Pessoas
18h Planejamento e Desenvolvimento
19h – 20h 30min Debate geral sobre as pró-reitorias.

29/06 Sábado – Gabinetes Reitor e Vice-Reitor, Coordenações, Estruturas Autônomas e Fundações

9h – 11h 30min Apresentações Gabinete Reitor
11h 30min – 12h 30min Debate geral sobre Gabinete Reitor
12h 30min – 14h Intervalo almoço
14h – 15h 30min Apresentações Gabinete Vice-Reitor
15h 30min – 16h 30min Debate geral sobre Gabinete Vice-Reitor
16h 30min  17h 30min Avaliação e encaminhamentos.

Publicado em 30/06/2013, em Manchete, Notícias.