Início do conteúdo

Projeto da UFPel busca agentes de acolhimento e cuidado emocional no retorno às aulas presenciais

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP), por meio da Coordenação de Saúde e Qualidade de Vida (CSQV), em parceria com a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) e a Pró-Reitoria de Ensino (PRE), está desenvolvendo o projeto “UFPel sempre Acolhedora”, com o objetivo de fortalecer os valores acolhedores na Universidade com o retorno às aulas presenciais.

Cada unidade acadêmica contará com um grupo interno de suporte ao acolhimento composto por docentes, técnicos-administrativos e discentes. A colaboração destas pessoas de referência nas Unidades possibilitará que pessoas com alguma sobrecarga emocional sejam escutadas e acolhidas, orientadas ou encaminhadas, dependendo de suas necessidades.

Para isso, a PROGEP está buscando membros da comunidade acadêmica interessados em compor os grupos. Os interessados participarão da ação psicoeducativa em saúde mental com data prevista para segunda e terceira semana de agosto e podem procurar as direções das Unidades Acadêmicas para demonstrar o interesse.

O projeto

Diante do cenário pandêmico as pessoas precisaram lidar, de forma repentina, com fatores como distanciamento social, reestruturação dos métodos de trabalho e estudo, mudanças nas rotinas e nas dinâmicas de relacionamento familiar, além de frustração, medo, insegurança, perdas e luto. A vivência da pandemia e de suas medidas de contenção, pode ter implicações na saúde mental das pessoas, contribuindo para o surgimento de reações e sintomas de estresse, ansiedade e depressão. Os impactos negativos da pandemia podem continuar a gerar sofrimento mental, mesmo após a situação estar mais estável.

Nesse contexto, entende-se que o retorno às atividades presenciais será permeado pelas experiências vividas no período de distanciamento social, as quais foram e são diferentes para cada um. É importante perceber que se trata de um momento de adaptação que pode envolver dificuldades psíquicas e relacionais.

Novos desafios se impõem, sendo necessário atenção às emoções, pensamentos e comportamentos. Assim, a oferta e o incentivo de espaços e momentos para expressão e validação de vivências e sentimentos se mostram estratégias importantes.

Deste modo, o projeto “UFPel Sempre Acolhedora” pretende, a partir de ações de educação em saúde mental, abordar os aspectos psicossociais envolvidos no retorno ao trabalho e às aulas presenciais, auxiliando as Unidades na construção de estratégias que possibilitem a promoção de vínculos empáticos e solidários junto aos servidores e estudantes.

Estas ações de educação em saúde mental visam a instrumentalização de grupos de suporte que poderão ofertar acolhimento e atenção às possíveis dificuldades emocionais que servidores e alunos possam apresentar nesse período adaptativo.

UFPel Sempre Acolhedora na Faculdade de Meteorologia

Dentro do projeto, na quinta-feira (28) ocorreu a segunda etapa do encontro promovido entre o Grupo de Interlocução Pedagógica (GIP) da Faculdade de Meteorologia (FAMET) com a Coordenação de Saúde e Qualidade de Vida (CSQV) e a Pró-Reitoria para Assuntos Estudantis (PRAE) com o objetivo de debater questões relativas à saúde mental e física diante dos cenários de pandemia e pós-pandemia. A primeira etapa ocorreu no dia 29 de junho com a participação da Pró-Reitoria de Ensino (PRE).

O propósito do encontro foi de preparar os professores e técnicos-administrativos da FAMET de forma adequada para a retomada plena e integral das atividades presenciais, tendo em vista desafios pedagógicos, emocionais, psicológicos e econômicos que o cenário atual apresenta e que no futuro próximo poderão ser externalizados.

Novas ações estão previstas para os próximos meses para contemplar servidores do Centro de Pesquisas e Previsões Meteorológicas (CPMET) e o corpo discente da Faculdade de Meteorologia.

Publicado em 02/08/2022, em Destaque, Notícias.