Início do conteúdo

Ferramenta do Cobalto ajudará a monitorar a Covid-19 na UFPel

Uma nova funcionalidade do sistema acadêmico Cobalto consolidará ainda mais as ações de prevenção à Covid-19 na Universidade Federal de Pelotas: um breve questionário, de três perguntas, avaliará as possibilidades individuais de transmissão do coronavírus à comunidade universitária.

A ideia é que a ferramenta seja utilizada diariamente por estudantes e servidores da UFPel antes mesmo de saírem de casa. Ao acessar o aplicativo do Cobalto, o questionário estará disponibilizado na aba “Monitoramento COVID”.

Após as respostas, o aplicativo trará o resultado na forma de sinais verde ou vermelho: o primeiro significa que a pessoa está apta a acessar os ambientes da UFPel; no caso do segundo, a orientação é que o estudante ou servidor permaneça em casa e entre imediatamente em contato com o Disque Covid para possível rastreamento de contatos.

Assim como o passaporte vacinal, o sinal verde do aplicativo pode ser solicitado para acesso às dependências da Universidade, por isso a orientação de que as perguntas sejam respondidas antes do deslocamento à UFPel.

“É um serviço de rastreamento rápido”, explica o presidente do Comitê Interno para Acompanhamento da Evolução da Pandemia da Covid-19 da Universidade Federal de Pelotas, Marcos Britto Corrêa. Segundo ele, o questionário não serve como um diagnóstico para a Covid, mas permite um encaminhamento para uma análise mais personalizada de cada caso, essa a ser feita pelo Disque Covid.

Dessa forma, a comunidade da UFPel tem ao seu dispor uma ferramenta para sua maior segurança e monitoramento de casos e contatos. “Esta é uma forma de darmos um pouco mais de segurança a todos os que se envolverão no retorno gradual das atividades presenciais”, pontua a vice-reitora Ursula Silva. Ela destaca que a experiência das disciplinas ofertadas no último semestre já trouxeram algumas noções daquilo que deve ser observado.

A funcionalidade disponível no aplicativo do Cobalto se soma a tantas outras ações previstas pela UFPel para o retorno presencial, como a implantação do Disque Covid, a divulgação dos números de pessoas infectadas e a exigência do passaporte vacinal para o acesso às dependências da Universidade.

O novo sistema foi desenvolvido em parceria entre o Comitê Covid-19 UFPel e a Superintendência de Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (SGTIC), e a campanha de divulgação, elaborada pela Coordenação de Comunicação Social, conta com a participação do ilustrador pelotense André Macedo, docente do Centro de Artes.

Publicado em 27/01/2022, em Destaque, Notícias.