Início do conteúdo

UFPel investiga evasão e retenção

A UFPel está investigando causas para a evasão e a retenção em cursos de graduação da Universidade. Desde o ano passado, comissões instaladas em unidades acadêmicas buscam informações, em suas comunidades, sobre as origens dos dois problemas. O trabalho é coordenado pela Pró-Reitoria de Ensino (PRE), que promoveu, no dia 28 de março, no auditório da Reitoria, no Anglo, encontro para debater o tema e permitir que as unidades e cursos relatassem o que foi feito até agora (fotos).

O Programa é chamado de Enfrentamento à Evasão e Retenção nos Cursos de Graduação da UFPel, cujo levantamento pretende ser permanente, como forma de subsídio para políticas e ações na Instituição, e atingir a toda a Universidade. Os focos do encontro realizado nesta quinta-feira foram a metodologia e os resultados encontrados nas unidades contempladas, em 2018, com  estudantes, bolsistas de ensino, selecionados para o trabalho. As bolsas foram concedidas através de edital.

O edital foi lançado em outubro do ano passado, distribuindo bolsas para alunos que trabalham em comissões formadas nas unidades. As comissões têm representações dos três segmentos, servidores técnico-administrativos, docentes e estudantes. Foram 20 cursos, nesta primeira fase, que aderiram ao Programa. Destes, 16 apresentaram, nesta quinta-feira, os resultados obtidos até agora.

O objetivo do Programa, conforme a PRE, é ver com precisão onde estão as causas da evasão e da retenção. Cada curso faz seu trabalho com metodologia própria, que pode ter contemplado, entre outros métodos, entrevistas com alunos que evadiram. Alguns cursos apresentaram percentuais de evasão e retenção.

A próxima etapa da atividade, ainda a ser desenvolvida nas unidades, será relativa ao impacto qualitativo, incluindo, por exemplo, a análise das condições sociais dos estudantes, aprofundando o estudo.

Unidades

Participaram do encontro desta quinta-feira o projeto Gama (Grupo de Apoio em Matemática) e os cursos de Agronomia, Turismo, Artes, Química, Química Forense, Medicina, Engenharias Eletrônica e de Controle e Automação, Direito, Biologia, Engenharia Madeireira, Antropologia, Meteorologia, da Faculdade de Administração e Turismo e de Museologia.

Publicado em 28/03/2019, em Manchete.