Início do conteúdo

Hospital Escola da UFPel está entre os melhores do Brasil em satisfação dos usuários da rede EBSERH

O Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE UFPel) alcançou os mais altos índices de satisfação na grande maioria dos indicadores da pesquisa realizada com os usuários dos serviços de saúde pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), à qual é vinculado.

Comparado aos demais hospitais da rede, o HE se colocou como o melhor índice de satisfação do país no primeiro ciclo (junho/julho) e segundo melhor, no segundo ciclo (outubro a dezembro).

Nos critérios de conforto no local da recepção e nas áreas de atendimento médico, assim como atendimento da recepção, o HE UFPel esteve entre os quatro maiores índices do Brasil.

O item “tempo de espera” apresentou os piores índices no país – o relatório indica necessidade de ações urgentes. No Hospital da UFPel o tempo de espera apresentou 84,5% de usuários satisfeitos e se colocou como o melhor índice entre os hospitais da rede.

A pesquisa foi desenvolvida pela Ouvidoria-Geral e Grupo de Coordenação da Pesquisa da sede EBSERH e envolveu 35 hospitais universitários filiados à rede EBSERH. Os dados foram coletados pelas ouvidorias dos HUs. Os resultados apresentados se referem ao segundo ciclo, que totalizou 18.718 usuários entrevistados em todo o país. As entrevistas realizadas abordaram os temas da estrutura física, atendimento, avaliação geral e indicação da instituição.

A participação do cidadão na avaliação e melhoria dos serviços de saúde está fundamentada em lei e respaldada pela ótica de reestruturação dos hospitais universitários, que prevêem mecanismos de avaliação periódica por parte do usuário como peça fundamental para a melhoria da assistência e serviços.

De acordo com a superintendente do HE, Samanta Madruga, o resultado dessa pesquisa chega ao Hospital como um grande estímulo a continuar em frente na busca de relações e condições de trabalho ainda melhores, uma vez que é o único hospital da rede EBSERH que não possui sede própria. “Assim, mesmo com todas as adversidades vividas no nosso cotidiano diário, saber que nossos usuários reconhecem nosso trabalho e estão satisfeitos com o que podemos oferecer é motivo de muito orgulho e alegria”, celebrou, agradecendo a todos trabalhadores do HE que dedicam suas vidas a cuidar do próximo com zelo e carinho.

Em boas mãos

Graciela Marques Borges da Silveira, 30 anos, acabou de segurar no colo pela primeira vez o pequeno Moisés, de 20 dias. O bebê, primeiro da família, está internado na UTI Neonatal do HE desde que chegou ao mundo, com 32 semanas. A mãe fez pré-natal para a gravidez de alto risco no HE, desde a 16ª semana. Moradora de Pedro Osório, Graciela tinha hipertensão prévia e desenvolveu diabetes gestacional, quatro miomas e pré-eclâmpsia. Ficou mais de um mês internada na Maternidade. Nesse período todo, em que se preparava e vivenciava momentos dos mais importantes de sua vida, Graciela encontrou respaldo na equipe do Hospital para se sentir orientada, confortável e bem atendida. De acordo com ela, a equipe médica e de enfermagem, e outros profissionais colaboraram para o seu monitoramento constante. “Fiz ultrassom com laudo três vezes por semana, mas tinha uma médica que quando podia me levava para espiar só para me tranquilizar, mesmo quando não tinha laudo”, conta. Para a mãe, as 32 semanas só se completaram graças a Deus e ao apoio das médicas, que a tranquilizavam muito, incentivando e destacando os pontos positivos que os exames mostravam. “Isso foi fundamental, fez toda a diferença”, afirma. Sobre a atenção para com o filho, que está batalhando contra uma infecção resistente e ganhando peso, Graciela conta que a equipe está sempre atenta. “A gente sabe que está em boas mãos”.

Dados da Pesquisa EBSERH sobre os Hospitais Universitários Brasileiros

35 hospitais universitários do Brasil
Dados coletados em 2018 (22 de outubro a 07 de dezembro)
18.718 usuários em todo o país

Indicador 1: Índice de satisfação: conforto na recepção
UFPel – 85,5% (melhor do Brasil)

Indicador 2: Higiene, limpeza e organização
UFPel – 85,2% (quarto do Brasil)

Indicador 3: Conforto das instalações
UFPel – 86,0% (terceiro do Brasil)

Indicador 4: Atendimento na recepção
UFPel – 87,3% (terceiro do Brasil)

Indicador 5: Atendimento da equipe de saúde
UFPel – 88,3% (décimo quarto do Brasil)

Indicador 6: Tempo de espera
UFPel – 84,5% (melhor do Brasil)

Indicador 7: Avaliação Geral
UFPel – 81,9% (segundo melhor do Brasil)

Publicado em 28/01/2019, em Destaque, Notícias. Marcado com as tags Comunidade, Hospital Escola.