Início do conteúdo

UFPel regulamenta trabalho dos tradutores/intérpretes de libras

dsc_0358Na manhã desta segunda-feira (26), o reitor Mauro Del Pino assinou a Portaria 1668 que regulamenta o trabalho em dupla dos tradutores/intérpretes de língua de sinais lotados na Universidade e a carga horária destinada para estudo dos materiais a serem traduzidos.

De acordo com a intérprete Daiana San Martins Goulart, essa conquista surge como um resultado de uma luta que começou com a criação do cargo desses profissionais em Pelotas. A criação foi realizada de forma pioneira pelo próprio reitor Mauro Del Pino, em 2000, quando desempenhava a função de secretário da educação do município.

“A Portaria é uma conquista não só para os tradutores/intérpretes de libras da UFPel, mas para a categoria desses profissionais que são parte da acessibilidade linguística dos alunos surdos” destacou a intérprete Crisiane de Freitas Soares.

Durante a assinatura da Portaria, a categoria agradeceu todo o esforço e atenção do reitor Mauro Del Pino ao contribuir com o aprimoramento das condições de trabalho desses profissionais. “Essa foi apenas uma conquista das muitas que ainda teremos, a luta continua!”, salientou o grupo de tradutoras/intérpretes de língua de sinais que participaram do ato de assinatura: Daiana San Martins Goulart, Crisiane de Freitas Soares, Nádia dos Santos Gonçalves Porto e Joseane Maciel Viana.

Salvar

Publicado em 27/12/2016, em Destaque, Notícias.