Início do conteúdo

Mais de 300 vagas docentes desde 2013

A Administração Superior da UFPel está trabalhando para suprir as demandas das unidades por professores. Desde o começo da Gestão, em 2013, a Universidade já abriu 306 vagas docentes através de concursos.

Em 2013, a UFPel publicou quatro editais para professor efetivo, com 85 vagas, e 12 editais para substituto, com 50 vagas. No ano seguinte, foram três editais publicados para efetivo, somando 24 vagas, e dez editais para professor substituto, com 66 vagas. Já em 2015 são três editais para efetivo, totalizando 40 vagas, e quatro editais de substituto, com 41 vagas.

No total, foram 147 vagas abertas para efetivo e 157 substitutos e duas para professor titular livre, somando 306 até o momento.

No arquivo  Concursos , uma visão de todos os editais publicados de 2013 a 2015, para professores efetivos, substitutos e titular livre, bem como dados específicos por unidade.

Fim do balcão

Na atual Gestão da Universidade, fruto de debate com a comunidade, foi criada uma matriz para distribuição de vagas docentes com critérios claros. A adoção desta medida acabou com a política de pedidos de balcão, através da qual as demandas por docentes chegavam diretamente à Reitoria. Da forma como o processo está posto hoje na UFPel, não está mais nas mãos do Reitor a decisão sobre envio de vagas para as unidades, mas estabelecido através da matriz de distribuição e definido por uma Comissão de Alocação de Vagas Docentes, após chamadas por editais.

Como o processo ainda é um procedimento novo na Universidade, os critérios da matriz de vagas estão sendo rediscutidos, para serem aperfeiçoados. A Universidade tem lançado também editais específicos para as unidades concorrerem a vagas de professores chamadas de estratégicas. A Comissão de Alocação de Vagas trabalha levando em conta também as prioridades apontadas pelas próprias unidades.

Publicado em 30/03/2015, em Manchete, Notícias.