Início do conteúdo

CT-INFRA qualifica infraestrutura da pesquisa e da pós-graduação na UFPel

SAM_1302Os editais CT-INFRA, da FINEP, tem ajudado a UFPel a qualificar sua pesquisa e sua pós-graduação através do investimento em equipamentos de grande porte e em obras de infraestrutura. Na UFPel, a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) é responsável por articular a elaboração das propostas e por gerenciar a execução dos projetos aprovados, com a ajuda das Pró-Reitorias de Administração (PRA) e de Planejamento e Desenvolvimento (Proplan).

A partir de 2013 houve um esforço grande de toda a equipe da PRPPG para regularizar a situação da UFPel junto à Finep, pois foram detectadas algumas falhas na execução dos projetos até o final de 2012. Alguns recursos haviam sido utilizados de forma equivocada e cerca de R$ 3 milhões do Edital de 2008 acabaram perdidos, por que não havia sido encaminhando o pedido de renovação do projeto em tempo hábil (no segundo semestre de 2012).

Ainda no ano passado, houve um esforço para agilizar a utilização dos valores recebidos da FINEP, devido a sua importância para a instituição e por que o uso adequado e eficiente dos recursos liberados permite a liberação das parcelas restantes dos recursos e amplia a possibilidade da UFPel captar mais recursos em editais futuros.

Atualmente, existem quatro projetos da UFPel em execução, relativos aos editais de 2009, 2010, 2011 e 2013 (não foi lançado edital em 2012). No edital de 2009 a UFPel teve aprovado mais de R$ 5,5 milhões, no de 2010, novamente foram mais de R$ 5,5 milhões e no de 2011 cerca de R$ 4,7 milhões. Em 2013, foram aprovados R$ 6,8 milhões, o que implica em um recorde histórico de captação de recursos para nossa instituição. Em termos de valores absolutos, a UFPel captou mais recursos que instituições tradicionais como a Unicamp, UFMG, UFF, Unifesp, Ufscar, UFG, entre outras. Graças à articulação da PRPPG na elaboração do projeto, todos os PPGs da UFPel apoiaram pelo menos um dos subprojetos e a maioria dos bolsistas de produtividade do CNPq também participaram das equipes de pelo menos um dos subprojetos. Em 2013 foram aprovados dois prédios, um para as áreas de Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas e outro para os PPGs situados no Campus Anglo, além de um equipamento de grande porte para a Central Analítica da UFPel.

Os recursos recebidos em 2013, referentes aos editais de anos anteriores, foram utilizados com a maior celeridade possível, contando com a ajuda de uma força tarefa organizada na PRPPG e com o auxílio da PRA. Do edital de 2009 foram adquiridos equipamentos para as áreas de Veterinária, Biotecnologia e Epidemiologia, em um total de mais de R$ 2 milhões. Já em relação ao edital de 2010, apenas uma pequena parcela inicial foi disponibilizada pela FINEP para a elaboração de projeto executivo de prédio para a área de Odontologia, sendo investidos R$ 44.400,00. No edital de 2011 foram utilizados, em 2013, mais de R$ 2 milhões em equipamentos para as áreas de Física, Química e Veterinária. Os recursos aprovados no edital de 2013 só serão recebidos neste ano. Assim, em 2013 foram investidos mais de R$ 4 milhões para qualificação da pesquisa e da pós-graduação na UFPel através do CTINFRA.

Nestes primeiros meses de 2014 toda a documentação necessária à liberação de novas parcelas de recursos já foram encaminhadas para a FINEP. Segundo informações da FINEP, a UFPel deve receber, nos próximos dias, mais de R$ 3 milhões de reais do edital de 2009, cujo termo de cooperação acaba de ser renovado. Este recurso será usado para a construção de três prédios para as áreas de Física e Química, Veterinária e Agronomia. Também são esperados para este ano recursos da ordem de R$ 1,3 milhão do edital de 2010, para a construção de prédio para a área de Odontologia e R$ 4,2 milhões para a aquisição de equipamentos nacionais e importados para as áreas de Veterinária, Biotecnologia, Epidemiologia e Agronomia. Do edital de 2011 são esperados ainda cerca de R$ 2,3 milhões para investir em equipamentos nas áreas de Física, Química, Veterinária, Biotecnologia e Epidemiologia. Do edital de 2013, espera-se receber recursos da ordem de R$ 4 milhões para a construção do prédio para as áreas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Estamos reconstruindo a UFPel! Clique aqui e veja as ações de infraestrutura que estão transformando a nossa Universidade.