Início do conteúdo

Em ato no MEC, às 15h desta segunda(7), Mauro Del Pino é empossado como Reitor da UFPel

O professor Mauro Del Pino será empossado às 15h desta segunda-feira(7) como novo reitor da UFPel, para um mandato de quatro anos. O ato ocorre no MEC, em Brasília, e terá a presença do ministro da Educação, Aloízio Mercadante. O Diário Oficial da União(DOU) publicou na sexta-feira(4) o ato de nomeação, assinado pela presidente Dilma Rousseff e por Mercadante.

A transmissão do cargo na Universidade ocorrerá às 18h da sexta-feira(11), no auditório da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel(Faem), no Campus Capão do Leão. No ato de transmissão do cargo, em Pelotas, o novo reitor nomeará Carlos Mauch para a Vice-Reitoria, assim como todos os pró-reitores.

Viaja para a posse em Brasília, além de Mauro Del Pino e Carlos Mauch, o reitor que encerra seu mandato, Cesar Borges. A Rádio Federal FM da UFPel transmite os atos diretamente da Capital Federal, com o jornalista Luiz Carlos Vaz.

No período de transição entre as gestões, ocorreu uma série de audiências da nova administração com a comunidade universitária, o que incluiu visitas da nova gestão a unidades acadêmicas e administrativas e encontros com representações dos segmentos da Instituição.

A gestão que começa em janeiro terá como bases o compromisso social, a qualidade acadêmica, o desenvolvimento de pessoal, a democracia e a transparência. Conforme o Movimento Reconstrução, o compromisso social se expressa na estruturação da universidade, visando cumprir com sua função de universidade pública, gratuita e de qualidade social.

Para Mauro Del Pino e Carlos Mauch, a qualidade acadêmica é consequência do compromisso social. “A efetivação de políticas de assistência estudantil, garantindo o acesso e a permanência do estudante na universidade, é a possibilidade do ensino, da pesquisa e da extensão de qualidade”, afirmam os componentes da nova administração central da Instituição.

A nova gestão pretende que a UFPel seja uma universidade democrática e de qualidade, capaz de incidir positivamente na sociedade, de forma que ela se desenvolva inclusivamente e de forma sustentável.

Consolidar os novos cursos do Reuni, fazer uma instituição soberana e construir um projeto pedagógico capaz de, através do diálogo e da participação, garantir a autonomia universitária e a função social de uma universidade pública são metas para os próximos quatro anos.

Prioridades

Entre as primeiras ações da gestão Mauro Del Pino e Carlos Mauch estão iniciar a Estatuinte Universitária e criar projetos de desenvolvimento institucional, fazendo diagnóstico dos cursos da UFPel e de sua infraestrutura, para construir um plano de equalização e um plano-diretor sustentável. Pretendem também instituir o Conselho de Gestão Tripartite, para criar a nova matriz orçamentária.

Publicado em 06/01/2013, em Notícias.