Início do conteúdo

Turismo frente à Covid-19: Estratégias para superar a crise

Nesta quinta-feira (3), às 17h, haverá uma videoconferência, promovida pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PREC) da UFPel, SEBRAE e APL Costa Doce. O evento abordará estratégias para superar a crise no setor turístico da Costa Doce Gaúcha. O secretário de Turismo de Canela, Ângelo Sanches, a secretária de Cultura e Turismo de Guaíba, Claudia Mara, e o secretário de Turismo de Piratini, Fladimir Gonsalves, serão os palestrantes e irão compartilhar as ações adotas nos seus municípios e na região da Costa Doce Gaúcha.

A palestra será mediada pela professora Jozi Mello, da Faculdade de Nutrição da UFPel. O evento contará com o apoio da Azonasul e será transmitido pela página do Facebook do “Desenvolvimento Social Zona Sul”.

“Nesse período de crise sanitária instalada pela COVID-19 a população foi fortemente impacta com uma série de limitações derivadas do isolamento social. Na mesma esteira, diferentes setores da economia foram impactados na mesma proporção, muitos, inclusive, tiveram reduções drásticas no seu faturamento, outros paralisaram ou encerraram suas atividades”, afriam os organizadores do encontro.

Conforme eles, o setor do Turismo faz parte do grupo da economia que teve suas atividades drasticamente modificadas, em outras situações interrompidas. No entanto, dizem, nesse processo de redesenho das estratégias o setor do Turismo na Costa Doce Gaúcha está buscando alternativas para superar esse momento.

Programa de Desenvolvimento Social dos Municípios da Zona Sul

O evento faz parte do Programa de Desenvolvimento Social dos Municípios da Zona Sul, programa estratégico da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPel em cooperação com a Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul).

O Programa tem o objetivo de estimular a sinergia entre a Universidade e o poder público, em colaboração com outras entidades, com a finalidade de atendimento às demandas sociais do público regional dos municípios da Zona Sul. Busca-se ainda a confluência de recursos que possam produzir em médio prazo, mudanças efetivas para o alcance de melhores índices de desenvolvimento e qualidade de vida nos municípios da Região Sul do Rio Grande do Sul.