Início do conteúdo

Faem faz exposição e concurso de maquetes de bactérias

A Faem (Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel) da UFPel realizou uma exposição e concurso de maquetes de bactérias. As maquetes foram concebidas e construídas pelos alunos da disciplina de Fitopatologia, do Departamento de Fitossanidade. A ideia nasceu da proposta da professora Andréa Bittencourt Moura Baccarin de substituir parte da avaliação escrita pelas maquetes. A adesão à proposta foi voluntária e os estudantes realizaram o trabalho em trios, duplas ou individualmente.

“A empolgação daqueles que aceitaram o desafio fez multiplicar novas possibilidades. Neste sentido, formou-se um ciclo virtuoso”, observa a professora. Com o patrocínio de empresas, a mostra realizou-se no espaço do Museu Fitopatológico Manoel Alves de Oliveira, entre 12 e 20 de junho. A exposição recebeu mais de 180 visitantes, entre estudantes da disciplina e dos demais cursos do Campus Capão do Leão, professores dos mais variados departamentos da UFPel, além de pesquisadores da Embrapa e crianças da comunidade.

Neste período, oito avaliadores, que eram professores e pesquisadores das áreas de fitopatologia e microbiologia, selecionaram as três melhores maquetes.  A premiação foi entregue no dia 20 de junho para Alice Pereira de Jesus, Andrey S. Fanko, Daniel Jacobsen Roloff, Josiele B. Rodrigues, Larissa L. Erdmann e Taís Sampaio Silveira.

Durante estes dias houve forte interação entre os visitantes com discussões técnicas, pedagógicas e de formas como intensificar e ampliar as ações da UFPel na comunidade. Como legado, as 23 maquetes expostas serão doadas aos colégios da região de Pelotas e será elaborado um projeto integrado de ensino e extensão.

Participaram do desafio 40 alunos da Agronomia que, conforme a professora Andréa, além de construir modelos didáticos de bactérias fitopatogênicas, construíram seu aprendizado.

 

Publicado em 09/07/2018, em Notícias.