NOTÍCIAS

Grupo de estudos promove leitura dramática nesta quarta (5)

O projeto de pesquisa “Leituras do drama contemporâneo”, vinculado ao curso de licenciatura em Teatro da Universidade Federal de Pelotas, realizará na próxima quarta-feira (5), a leitura dramática da peça “F.R.A.M.E.S.”, do dramaturgo gaúcho Diones Camargo. A atividade contará com a participação do autor, propondo um bate-papo com os espectadores logo após a leitura, e ocorrerá a partir das 19h, na sala Carmen Biasoli, localizada na rua Almirante Tamandaré, 301. A entrada é franca.

Esta é a quarta leitura dramática proposta pelo coletivo, que compõe o Grupo de Estudos em Teatro: Histórias e Dramaturgias (GETEHD). Surgido em 2015, o “Leituras do drama contemporâneo” prevê o estudo e análise da literatura dramática contemporânea escrita do final do século XX até os dias atuais. Além das atividades de pesquisa, as leituras abertas à comunidade recebem destaque por compartilhar com o público textos de teatro e promover rodas de conversa sobre os mesmos. As leituras realizadas anteriormente foram “Mosaico Koltès”, a partir da obra do dramaturgo francês Bernard-Marie Koltès, “Ânsia”, peça da dramaturga inglesa Sarah Kane, “Música para cortar os pulsos: monólogos sentimentais para corações juvenis”, do dramaturgo brasileiro Rafael Gomes, e “Suspensão”, do também brasileiro Lucas Arantes.

O grupo é coordenado pela professora Fernanda Vieira Fernandes e tem como colaboradores os discentes do curso de Teatro Juliana Caroline, Mario Celso, Marcos Kuszner, Patrícia Bicoski e Nicolas Beidacki e a egressa Taís Galindo.

Sobre o Autor

Diones Camargo é dramaturgo e roteirista, graduado em Teatro pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É autor de Andy/Edie (Prêmio Funarte de Dramaturgia 2005), Último Andar (Prêmio Funarte de Estímulo à Dramaturgia 2007), Parque de Diversões (Prêmio Açorianos de Teatro 2016 – Melhor Dramaturgia), Teresa e o Aquário (VIII Prêmio PalcoHabitasul – Melhor Roteiro 2008), 9 Mentiras Sobre a Verdade, Hotel Fuck – Num Dia Quente a Maionese Pode Te Matar, O Tempo Sem Ponteiros, Os Plagiários – Uma Adulteração Ficcional Sobre Nelson Rodrigues (Prêmio Açorianos de Teatro 2012 – Melhor Dramaturgia), F.R.A.M.E.S. e Fassbinder – o Pior Tirano é o Amor; dramaturgista dos espetáculos O MAPA_, Peru, NY e Buarqueanas. Seus textos já foram encenados por algumas das mais importantes companhias de teatro do estado e quatro deles também publicados e encenados no exterior, em países como Portugal, Cuba, Uruguai, Espanha e Singapura.

Paralelamente às atividades de escrita, o autor participa de projetos ligados à pesquisa em dramaturgia e sua relação com as multilinguagens, tais como o coletivo S E I S dramaturgos, formado por autores de seis capitais brasileiras, o experimento ÓRFÃO (2011), as exposições Império da Felicidade Eterna (2012) e LugarDizer (2015) e o programa de rádio OverDrama, que foi ao ar entre 2012 e 2014.

No cinema, é corroteirista do curta-metragem O Último Dia Antes de Zanzibar, de Filipe Matzembacher e Márcio Reolon, e roteirista do longa-metragem A Colmeia, baseado em sua peça homônima e com filmagens previstas para agosto de 2017, com direção de Gilson Vargas.

Publicado em 03/07/2017, em Agenda, Eventos Acadêmicos, Eventos Culturais, Notícias.
Publicada em 14/12/2017 | 1 acessos
Publicada em 16/02/2017 | 1 acessos
Publicada em 20/11/2017 | 1 acessos
RÁDIO FEDERAL FM

Clique para abrir em uma nova janela.