Início do conteúdo

PREC promove reunião com MEC sobre recursos do PROEXT

proextA Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Pelotas (PREC/UFPel) promoveu, na tarde do dia 19, uma videoconferência com o Ministério da Educação (MEC) para tratar do atraso no repasse dos recursos do Programa de Extensão Universitária (PROEXT) neste ano. O valor aguardado pela UFPel, para 2016, é de R$ 2,3 milhões.

O representante da Secretaria de Educação Superior (SESU/MEC), Thulio de Andrade Novais Dantas, conversou com os coordenadores de projetos e programas da UFPel contemplados pelo PROEXT em 2015 e 2016 e com a equipe da PREC.

De acordo com Dantas, devido à atual conjuntura nacional e cenário de incertezas, o MEC está em compasso de espera e ainda não há previsão para o repasse.

No entanto, Dantas adiantou que, em breve, deverá ser lançado um edital para o PROEXT 2017.

A UFPel tem oito programas contemplados pelo PROEXT em 2015 e mais quatro programas e oito projetos em 2016. Todos eles recebem parte do recurso neste ano.

Atualmente, a UFPel é destaque em captação de recursos pelo PROEXT. No ranking nacional, é a sexta instituição de ensino superior – subindo uma posição em relação a 2015, quando foi a sétima. A UFPel também é a segunda universidade com maior captação de recursos na região Sul do país, mantendo a posição de 2015.

O que é o PROEXT
O PROEXT foi instituído em 2008 pelo Ministério da Educação com a finalidade de apoiar instituições públicas de educação superior no desenvolvimento de projetos com vistas a ampliar sua interação com a sociedade. Com sete anos de existência, surgiu para incentivar a execução de projetos de extensão das universidades públicas brasileiras que estivessem de acordo com as políticas governamentais voltadas para a inclusão social.

 

Publicado em 29/04/2016, em Notícias.