Início do conteúdo

Dois Anos de Gestão: Internacionalização ampliada

No dia 11 de janeiro, a Universidade Federal de Pelotas completou dois anos com a gestão do professor Mauro Del Pino à sua frente. São tempos de transformação e mudança, com ampliação nos investimentos em infraestrutura e ações democráticas, que inserem a comunidade acadêmica na decisão dos rumos da instituição. Tudo isso para uma maior excelência naquela que é a missão da universidade: promover o ensino, a pesquisa e a extensão para a transformação da sociedade. Para mostrar as conquistas realizadas, o Portal UFPel apresenta, nestes dias, alguns dados por área temática.

Um conjunto de ações está ampliando a internacionalização na UFPel. Mais convênios, o site trilíngue e maior divulgação de oportunidades colocam a Universidade a um passo da plena internacionalização. A Instituição considera que a entrada no ar do site em três línguas (português, espanhol e inglês), o que deve ocorrer em março, na Calourada, será decisivo na captação de recursos, acordos e cientistas de outros países.

A UFPel tem hoje 24 alunos estrangeiros e estão chegando mais 12 da África. Somente em 2014, a Universidade recebeu docentes da França, da Alemanha, da Espanha e de vários países da América Latina.

DSC01757O intercâmbio é forte e crescente. São mais de 90 instituições conveniadas, de todas as partes do mundo. A Coordenação de Relações Internacionais (CRInter) oferece diversos programas à comunidade universitária, entre os quais se destaca o Ciência Sem Fronteiras, do Governo Federal. Entre todos os programas, em média, a Universidade envia 150 acadêmicos por ano ao exterior.

Conforme a CRINter, o trabalho de divulgação de oportunidades internacionais, com linguagem acessível ao público universitário, nas redes sociais, em particular o Facebook, tem potencializado muito a atividade. A Coordenação tem distribuído material de divulgação, como cartazes, nas unidades acadêmicas.

A participação de alunos voluntários na divulgação dos editais da CRInter em salas de aula, com contato direto entre os estudantes, resultou em uma grande procura pelos editais de mobilidade internacional.

Nestes dois anos, a CRInter realizou palestras com associações estrangeiras, de países como Austrália, Irlanda, e Canadá, para divulgação das oportunidades de intercâmbio nestas nações.

Na foto, grupo de estudantes colombianos que cumpriu intercâmbio cultural na UFPel em 2014.

Confira outras notícias sobre as realizações da atual gestão em Dois Anos de Gestão.

Publicado em 12/02/2015, em Notícias. Marcado com as tags Dois Anos de Gestão.