Início do conteúdo

Dois anos de Gestão: Extensão e Cultura aproximam Universidade e Sociedade

No domingo, dia 11 de janeiro, a Universidade Federal de Pelotas completa dois anos com a gestão do professor Mauro Del Pino à sua frente. São tempos de transformação e mudança, com ampliação nos investimentos em infraestrutura e ações democráticas, que inserem a comunidade acadêmica na decisão dos rumos da instituição. Tudo isso para uma maior excelência naquela que é a missão da universidade: promover o ensino, a pesquisa e a extensão para a transformação da sociedade. Para mostrar as conquistas realizadas, o Portal UFPel apresenta, nestes dias, alguns dados por área temática.

NDSC_0124a área de Extensão e Cultura a Universidade evoluiu muito, passou a concessão de 467 bolsas de extensão, totalizando cerca de R$ 1,2 milhão em 2014, é a 7ª colocada entre as 123 classificadas no PROEXT 2015 com a captação de R$ 3,5 milhões em recurso.

Em 2014, realizou o Congresso de Extensão e Cultura em paralelo com o CIC e o Enpós com destaque para o primeiro Encontro de Estudantes Extensionistas, um verdadeiro encontro realizado em forma de mostra, com exposição de projetos em estandes fixos ou apresentações artísticas, permeado de rodas de conversa, oportunizando o debate sobre temas importantes da extensão universitária. Durante a premiação dos DSC_2138melhores trabalhos expostos no CEC, foi instituído o Prêmio Aldyr Schlee, para Destaques em Extensão.

A Universidade está participando no Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura, que busca integrar 3,6 mil pontos de cultura no Brasil com a América Latina, em países como Uruguai, Chile, Argentina, Colômbia e Peru.

Outro grande feito foi a criação do Fórum Social de Extensão com o objetivo de promover e gerenciar políticas e ações que, de alguma forma, irão selar as relações com os movimentos sociais e as atividades civis. DSC_0546Por meio de grupos de trabalho, eles irão pensar cada um dos oito eixos de atuação da extensão universitária.

Da mesma forma, o Observatório de Gênero e Diversidade Sexual da UFPel foi criado a partir do grupo de trabalho de gênero e sexualidade. O GT  conta com  participação de diferentes setores, entre estes professores da UFPel e representantes das organizações e grupos do Movimento de Mulheres. O mesmo conta com representantes no Forum de Extensão e a campanha “Pelotas sem medo: todos juntos pelo fim da violência contra a mulher”, foi criada em conjunto com a PRAE e a CCS.

 

O Projeto Cinema nos Bairros levou, no último ano, cinema ao ar livre aos bairros de Pelotas. Foram cerca de 10 sessões, realizadas em bairros como Navegantes, Fragata e Laranjal.

A UDSC_0065niversidade também apoiou diversos Festivais, como o 3° Festival Dança Pelotas, o Pelotas Jazz Festival e o Festival Internacional SESC de Música, promoveu shows com Daniel Drexler e Vitor Ramil e uma série de atividades dentro do Quartas no Lyceu. O destaque foi a promoção do Primeiro Festival Porto da Artes: foram sete dias de muitas atividades culturais, artísticas e musicais que contaram com a participação popular, promovendo uma importante integração entre a universidade e a sociedade.

Outro grande trabalho realizado durante os dois primeiros anos de gestão foi o Projeto do Espaço Cultural da Laneira, a edificação está destinada a abrigar espaços voltados para a cultura e a sua própria conservação: ali serão instalados um centro de eventos para a universidade, cursos da área do patrimônio e a Casa dos Museus.

Entre as ações desenvolvidas dentro da Coordenadoria de Cidadania, Cooperação e Sustentabilidade destacam-se a participação no comitê gestor do APL  Alimentos, através do projeto intitulado “Elaboração de um Plano de Desenvolvimento do APL Alimentos por meio de uma metodologia participativa”. O projeto contribui para o desenvolvimento do Arranjo Produtivo Local (APL) Alimentos através da elaboração de um Plano de Desenvolvimento focado no fortalecimento de seus elos mais frágeis, sobretudo aquele que envolve os pequenos  empreendedores da região e do APL Saúde,  na realização de eventos em conjunto com a PRPPG na área de empreendedorismo focados no setor entre eles pode ser citado a atividade “O case Angelus”, palestra proferida no primeiro semestre e o Concurso de Ideias Inovadoras.
Mais recentemente,  a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, elaborou a proposta de estratégia para o Edital Nacional do Projeto Rondon – Ministério da Defesa, a qual foi selecionada e  neste momento participa da Operação Mandacarú e irá atuar na cidade de Itapiúna, no Ceará.

 

Publicado em 22/01/2015, em Notícias. Marcado com as tags Dois Anos de Gestão.