Início do conteúdo

Refeitório da Casa do Estudante é inaugurado

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) inaugurou nesta segunda-feira (07) o refeitório da Casa do Estudante (CEU). O espaço tem capacidade para atender até 300 moradores, em 80 pessoas por vez, e funcionará com jantar nos dias de semana e almoço e jantar nos finais de semana e feriados (veja os horários abaixo). O atendimento é exclusivo para residentes da Casa.

O espaço vem para qualificar a CEU e é considerado mais um marco de grande valor na política de permanência universitária da UFPel. Para a coordenadora de Políticas Estudantis da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae), Angélica Leitzke, a inauguração é um novo incremento na atenção aos estudantes em situação de vulnerabilidade social e econômica, primordial para garantir a permanência e a formação qualificada. A gestora lembrou que a conquista de um restaurante universitário, público, gratuito e que ofereça uma refeição de qualidade, nutricionalmente pensada e elaborada, é fruto da luta de um movimento estudantil articulado, que há muitos anos, mas principalmente desde 2018, vem batalhando por esse momento. Ela recordou, ainda, a vinda para o novo prédio, as negociações para adequações e recursos para o novo espaço, além dos desafios impostos pela pandemia, agradecendo a equipe da Prae, a gestão da Universidade e os esforços e compreensão dos estudantes.

Para o mestrando em Meteorologia e morador da CEU, Marcos Jean da Silva, a inauguração do refeitório da Casa é fruto de um processo histórico, que vem desde a década de 1970, com a ocupação do antigo prédio por estudantes que não tinham condições de se manter. Desde então o movimento estudantil se preocupa com a questão da moradia própria, junto às pautas de alimentação e transporte. A mudança para o novo imóvel, ainda alugado, foi feita no final de 2017, e trouxe uma mudança significativa na vida dos residentes. “Aqui é um novo mundo”, contou o mestrando, que é um dos poucos remanescentes da Casa antiga, destacando o nível da infraestrutura. “A qualidade de vida saltou”. Segundo ele, um refeitório na CEU era o que faltava, devido à praticidade que proporciona, evitando que os moradores precisem se deslocar para outros lugares para fazer as refeições, o que muitas vezes era sinônimo de correria. “Há anos era o sonho de muita gente que passou pela UFPel. Estou tendo o privilégio de acompanhar a história e honrar esse pessoal da época da ditadura”, celebrou. Para ele, esse momento é sinal de que as reivindicações de outrora, com diálogos e negociações, estão sendo atendidas, ainda que haja alguma distância entre o que se deseja e o que é possível. “Nossa luta valeu a pena. O refeitório vem para sacramentar, trazer um ‘up’ para as nossas conquistas. Vemos que a gestão está se empenhando, apesar do orçamento estrangulado, na medida do possível, para atender as reivindicações”, analisou.

Visitando o local na primeira refeição oferecida, a reitora Isabela Andrade ressaltou a importância de se ter um espaço que disponibilize refeições de qualidade para que os alunos possam, a partir daí, dar continuidade aos estudos. Em sua fala, a reitora destacou ainda o processo para qualificar a moradia estudantil, com a vinda da CEU do antigo prédio para o novo, com melhores condições. “Fazemos um esforço coletivo pela manutenção desse aluguel e para manter esses espaços tão bons e que oferecem condições adequadas para vocês estudarem. É uma alegria enorme vivenciar a inauguração desse espaço”, disse.

Casa
A CEU fica localizada na Rua Três de maio, 1.212. Com capacidade para acolher até 300 pessoas, conta com 60 apartamentos, dos quais 40 são de dois quartos para até seis pessoas, e o restante de um quarto, para até três pessoas. Do total de vagas, 246 são destinadas a estudantes de graduação e das demais distribuídas entre estudantes de pós-graduação, intercambistas e estudantes de comunidades indígenas.

Todos os apartamentos são mobiliados com utensílios básicos, incluindo guarda-roupas, camas, beliches, poltronas, mesas, cadeiras, geladeira e ducha eletrônica.

Funcionamento do Refeitório da CEU
Capacidade para atender 300 moradores
– Até 80 pessoas por vez

De segunda a sexta-feira
Jantar
Das 17h30min às 18h30min

Finais de semana e feriados
Almoço
Das 11h30min às 13h

Jantar

Das 17h30min às 18h30min