Início do conteúdo

UFPel terá primeiro doutorado em Nutrição do RS

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES) aprovou a proposta do Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Alimentos (PPGNA) da UFPel para a criação do doutorado em Nutrição e Alimentos. Com a aprovação, a UFPel terá o primeiro doutorado na área de Nutrição do estado e o segundo da Região Sul do País, consolidando ainda mais a Universidade como Centro de Referência na área de saúde.

De acordo com o coordenador do PPGNA, Augusto Schneider, a procura pelo mestrado já mostra a necessidade de qualificação dos profissionais da área. A seleção para o mestrado em 2019, que ofertou 20 vagas, teve 45 inscritos. Atualmente, o Mestrado em Nutrição e Alimentação, que iniciou as atividades em 2010, possui 48 alunos matriculados e já formou 130 mestres. Além disso, por existirem poucos doutorados no Brasil, a demanda é muito grande. “Ao todo, são apenas 13 doutorados no País. Na Região Sul, até então, havia apenas o da Universidade Federal de Santa Catarina. Aqui no Estado, há três mestrados acadêmicos e um profissional, muitos destes mestres formados estão aguardando por um curso de doutorado”, salienta.

Para o coordenador de Pós-Graduação da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPPGI), Rafael Vetromille-Castro, a aprovação do doutorado reflete a qualidade do PPGNA e da proposta realizada pelo Programa, sobretudo pela atual dificuldade de abertura de novos cursos. “Houve um aperto nas regras de abertura de novos cursos em 2019. A média de aprovação das novas propostas que era de 30%, passou para 11%. Além disso, a CAPES não se compromete mais com o financiamento dos novos programas de pós-graduação por um ano. Desta forma, a Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação é que assume este primeiro ano de funcionamento”, explica.

Para Vetromille, a qualidade do PPGNA também é sentida com a criação do Doutorado dentro de um Programa de Pós-Graduação criado recentemente, mas que passou por uma qualificação da estrutura curricular com mudanças significativas como a atualização da bibliografia. “O mestrado em Nutrição e Alimentos está completando nove anos de funcionamento, passou por apenas dois ciclos avaliativos completos da Capes e já conquistou o Doutorado”, observa.

Com a aprovação do Doutorado em Nutrição e Alimentação, a UFPel chega a 31 cursos com Doutorado. “Em 2017, tínhamos 26 programas de doutoramento. Nossa meta era atingir 30 Doutorados, tendo em vista a demanda de algumas áreas. Contudo, surgiram outras propostas promissoras como a da Nutrição”, comemora.

Doutorado em Nutrição e Alimentação

A perspectiva é que a primeira seleção ocorra já para o primeiro semestre de 2020, com a oferta de 12 vagas iniciais, com duas bolsas repassadas pela PRPPGI. O Doutorado contará com 15 docentes, alguns deles de outras unidades como da Faculdade de Medicina, Faculdade de Veterinária e do Centro de Ciências Químicas, Farmacêuticas e de Alimentos.

As linhas de pesquisa são Análise e Controle de Qualidade de Alimentos; Nutrição Básica e Experimental; e Clínica e Epidemiologia Nutricional. Para mais informações acesse o site do programa em wp.ufpel.edu.br/ppgna.

 

Publicado em 14/11/2019, em Notícias.