Início do conteúdo

Direito é primeiro curso da UFPel a voltar integralmente de forma presencial

Passados mais de dois anos das primeiras medidas de distanciamento social provocadas pela pandemia da Covid-19 adotadas pela Universidade Federal de Pelotas, em março de 2020, será na próxima segunda-feira (9) que o seu primeiro curso voltará as suas plenas atividades presenciais. Na ocasião, o curso de graduação em Direito iniciará o ano letivo de 2022, trazendo de volta a vida estudantil ao corredores e salas de aula da UFPel.

Devido à diferença do calendário do curso, único que mantém um regime anual da UFPel, as atividades do Direito do ano letivo de 2021 foram finalizadas antes das demais graduações. Com autorização do Conselho Coordenador do Ensino, da Pesquisa e da Extensão (COCEPE), foi possível ofertar um calendário diferenciado para o curso, que terá início alguns meses antes do restante da Universidade. Como a volta presencial já estava determinada para o novo ano acadêmico, também essa antecipação foi estendida à unidade.

“Estamos com muita expectativa, pois vamos ser os pioneiros nesse retorno”, afirma o diretor da Faculdade de Direito, Pedro Moacyr Perez. O coordenador do curso, Gustavo Machado, também demonstra sua alegria dessa volta, algo que, segundo ele, também é partilhado por muitos da comunidade da unidade.

Machado explica que como a pandemia ainda está em andamento, o curso de Direito está tomando todos os cuidados necessários para as atividades presenciais, obedecendo aos procedimentos e protocolos do Comitê Interno para Acompanhamento da Evolução da Pandemia pelo Coronavírus da Universidade Federal de Pelotas e da Administração Central.

A vice-reitora da UFPel, Ursula Silva, destaca que, apesar das medidas de proteção ainda necessárias, é uma grande felicidade poder efetivar o retorno presencial de forma integral, ainda que seja em apenas uma unidade por enquanto. “Vai ser um marco”, diz, ao lembrar que o curso de Direito vai ser um piloto para a retomada de toda a comunidade em agosto.

Um abraço de retorno

Tanto o diretor da Faculdade quanto o coordenador do curso consideram o retorno presencial como um reencontro de amigos. “O ensino remoto foi uma necessidade, mas merecemos um reinício com a volta presencial”, pontua Machado. Perez lembra que, apesar de ter sido uma contingência precisa, o afastamento é uma condição prejudicial para a condição humana.

Por isso, o retorno, segundo o diretor, será como um grande abraço à comunidade da Faculdade de Direito: “Nossos alunos e servidores serão recebidos de forma aquecida, carinhosa e amorosa”. Para tanto, foi formada uma comissão integrada por servidores da FD e por integrantes do Centro Acadêmico Ferreira Viana (CAFV) para pensar uma atividade para marcar o primeiro dia.

A recepção ocorrerá na própria segunda feira, nos dois turnos de atividades acadêmicas do curso de Direito, ou seja, na manhã e na noite. O evento será sediado na praça Conselheiro Maciel, em frente ao centenário prédio da Faculdade de Direito.

A ideia é que as telas sejam deixadas para trás, para que novos laços de amizade possam ser feitos. “Vamos conhecer os rostos de alguns estudantes que nunca abriram as suas câmeras”, conta o diretor.

Publicado em 06/05/2022, em Destaque, Notícias. Marcado com as tags coronavirus, Covid-19, Direito, Faculdade de Direito.