Início do conteúdo

Cuidados com a Covid marcam volta às aulas

Neste dia 7 de março, a Universidade Federal de Pelotas dá mais um passo em seu retorno presencial gradual. Com o início do segundo semestre letivo de 2021, retornam às atividades as disciplinas práticas da UFPel, trazendo de volta às suas instalações o movimento, a vida e a troca de conhecimento características do espaço universitário.

No entanto, ampliam-se as chances de que um visitante não tão desejado também apareça: o coronavírus. É por isso que a UFPel vem fortalecendo medidas que preservem sua comunidade do contágio pela Covid-19. Algumas já estão consagradas, como a obrigatoriedade de uso de máscaras faciais, cobrindo nariz, boca e queixo, e o incentivo à higienização das mãos com água e sabão ou álcool 70% e ao distanciamento entre pessoas. As demais promovem a conscientização e o rastreio de contatos, de forma a mitigar possíveis infecções.

Disque Covid-19

A UFPel disponibiliza, desde o segundo semestre de 2021, quando retornaram as primeiras disciplinas presenciais, o Disque Covid. A intenção é que, em caso de diagnóstico positivo ou suspeita de contaminação, o serviço seja contatado. Assim, é possível realizar um rastreio de contatos e a detecção de possíveis surtos internos da doença.

O público-alvo do Disque é a comunidade universitária: servidores docentes e técnico-administrativos, trabalhadores terceirizados e estudantes. O atendimento se dá de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. O contato deve ser feito em caso de suspeita ou confirmação de diagnóstico positivo para a Covid-19 ou por contato com pessoas com o coronavírus, por meio do telefone (53) 3284-4088 ou pelo WhatsApp (53) 99197-6404.

Passaporte vacinal

Por determinação do Conselho Universitário da Universidade Federal de Pelotas, o acesso às dependências da UFPel está condicionado à apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 enquanto durar a pandemia causada pelo coronavírus. A disposição é válida para estudantes, servidores docentes e técnico-administrativos, trabalhadores terceirizados e público em geral.

O comprovante poderá ser solicitado a qualquer tempo, nas portarias de prédios da Universidade ou durante a permanência em espaços físicos da instituição. Poderão ser apresentadas a carteira de vacinação digital, disponível na plataforma ConecteSUS, do Sistema Único de Saúde, sendo este o preferencial, ou a caderneta ou cartão de vacinação impresso em papel timbrado emitido por instituição governamental brasileira quando da vacinação. Será considerado o esquema vacinal completo, ou seja, composto por, no mínimo, duas doses.

O passaporte também está sendo requisitado para o processo de confirmação de matrícula. Para tanto, os estudantes devem cadastrados em seu perfil no cobalto o comprovante de vacinação. Para cadastra-lo, deve-se acessar a opção “Perfil” no Cobalto e clicar na aba “Vacinação COVID-19”. Ali deve ocorrer o upload do arquivo, com o posterior comando de adicionar. Matrículas em disciplinas presenciais cujos alunos não realizem o cadastro serão automaticamente trancadas.

Exceção será aberta para pessoas com contraindicação médica para as vacinas existentes no mercado; nesse caso, deverá ser mostrado atestado médico justificando a não imunização. Para acesso de pessoas não vacinadas, será necessária apresentação de laudo relativo a exames negativos ao coronavírus do tipo RT-PCR ou de antígeno realizados até 72 horas antes.

Aplicativo

Aliado à exigência do passaporte vacinal e ao rastreamento de contatos, uma ferramenta do sistema acadêmico Cobalto, composta por um breve questionário de três perguntas, avalia as possibilidades individuais de transmissão do coronavírus. A ideia é que a ferramenta seja utilizada diariamente por estudantes e servidores da UFPel antes mesmo de saírem de casa.

Após as respostas, o aplicativo trará o resultado na forma de sinais verde ou vermelho: o primeiro significa que a pessoa está apta a acessar os ambientes da UFPel; no caso do segundo, a orientação é que o estudante ou servidor permaneça em casa e entre imediatamente em contato com o Disque Covid para possível rastreamento de contatos.

Assim como o passaporte vacinal, o sinal verde do aplicativo pode ser solicitado para acesso às dependências da Universidade, por isso a orientação de que as perguntas sejam respondidas antes do deslocamento à UFPel.

O questionário, no entanto, não é uma ferramenta de diagnóstico; no entanto, permite o encaminhamento para uma análise mais personalizada de cada caso, a ser feita pelo Disque Covid, serviço de informações e monitoramento de casos da doença na Universidade.

A ferramenta pode ser acessada por meio do aplicativo do sistema Cobalto, na aba “Monitoramento COVID”. O app está disponível para ser baixado na loja de aplicativos das plataformas Android e iOS.

Publicado em 07/03/2022, em Manchete.