Início do conteúdo

Ações do Proben ajudam UFPel a economizar mais de R$ 750 mil em energia

R$ 758.350,39: esse foi o montante economizado pela Universidade Federal de Pelotas em energia elétrica em 2020 graças às ações desenvolvidas pelo Programa de Bom Uso Energético (Proben), desenvolvido pela UFPel sob orientação do Laboratório de Conforto e Eficiência Energética da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.

Esse programa institucional tem por objetivo implementar uma série de práticas de bom uso de energia na Universidade. Além da conscientização para um uso racional da eletricidade, um das ações está na revisão dos contratos de fornecimento, buscando pactos que sejam menos onerosos para a instituição. Outra iniciativa é a correção do fator de potência das unidades consumidoras.

Cada um desses pontos colaborou para que essa economia fosse alcançada: do total, mais de R$ 667 mil foram poupados pela alteração de modalidade tarifária; R$ 48 mil pela revisão de contratos; R$ 19 mil pela correção dos fatores de potência; e R$ 13 mil pela adoção de sistemas de iluminação mais eficientes.

A redução de valores foi sentida mesmo em um ano totalmente atípico de consumo energético, em função das medidas de combate ao coronavírus, que forçaram a adoção, desde março de 2020, de regimes de trabalho e ensino remotos, que ocasionaram uma economia de 28% dos gastos com eletricidade.

Milhões em economia

O Programa de Bom Uso Energético foi adotado em 2006, de forma a tornar o consumo de energia elétrica da UFPel mais eficiente. Nesses mais de quatorze anos de atividades, o Proben já gerou à Universidade uma economia de mais de R$ 8,5 milhões.

As dicas de economia de energia do programa estão disponíveis no site do Proben e podem ser utilizadas para qualquer situação. Na página também estão descritos os pontos de consumo da UFPel e o regulamento e objetivos do projeto. Para acessar, basta clicar neste link. 

Publicado em 30/03/2021, em Destaque, Notícias.