Início do conteúdo

Grupo de Estudo em Lesões Cutâneas irá transmitir reuniões para HU da UFSC

O Grupo de Estudo e Pesquisa em Prevenção e Tratamento de Lesões Cutâneas (GEPPTELC) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) firmou uma parceria com pesquisadores do Núcleo de Estudos e Assistência em Enfermagem e Saúde a Pessoas em Condição Crônica (NUCRON) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Com o acordo, irá transmitir, por videoconferência, as reuniões que serão realizadas no auditório do Hospital Escola (HE) da UFPel para o Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago, da UFSC. O tema das reuniões será “Plantas Medicinais com Potencial para Utilização no Tratamento de Lesões Cutâneas”, que contará com a convidada especial, professora da Faculdade de Enfermagem da UFPel, Teila Ceolin, doutora em Ciências e Integrante do Núcleo de Pesquisa em Saúde Rural e Sustentabilidade da UFPel.

Serão dois encontros, no dia 26 de agosto, das 14h15min às 15h30min, com o módulo teórico e no dia 9 de setembro, das 14h30min às 17h, com oficina e módulo prático. As inscrições podem ser realizadas até o dia 25 de agosto, pelo e-mail gepptelc1@gmail.com.

GEPPTELC
Desde 2015, o GEPPTELC e o Grupo de Pele do HE prestam serviços de avaliação, orientação e tratamento de todas as lesões de pele no HE. Segundo a líder do GEPPTELC, Fernanda Tristão, por ser referência, o hospital tem muitos casos de lesões de pele, como lesão por pressão, feridas em consequência da diabetes, oncológicas e cirúrgicas. O hospital possui curativos com novas tecnologias, que proporcionam maior durabilidade. “Diminui o trauma no paciente e também o risco de infecção, reduzindo o tempo de internação e melhor qualidade de vida” acrescenta.

De acordo com a coordenadora do Grupo de Pele e vice-líder do GEPPTELC, Maria Angélica Padilha, a união dos dois grupos é um diferencial, pois une o ensino e a assistência. Dessa forma, enquanto o grupo de pesquisa fornece o embasamento teórico, o grupo assistencial executa e põe em prática os conhecimentos.

Publicado em 23/08/2019, em Notícias. Marcado com as tags Hospital, Hospital Escola.