Início do conteúdo

Galeria A Sala recebe exposição “Entre Lugares”

mesa com peças A Galeria A Sala, do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) inaugura nesta terça-feira (10) a exposição “Entre Lugares”. A mostra traz um recorte da investigação que conjuga a produção tecnológica com o campo das Artes Visuais contemporâneas, e procura transitar ‘entre lugares’ onde a gravura, a cerâmica e as engenharias (Eletrônica e Controle e Automação) podem se encontrar.

A proposta é dar visibilidade às aproximações entre arte e tecnologia, e às similaridades e diferenças que surgem pelas conexões entre a gravura em metal e as engenharias. Os trabalhos emergem do encontro entre artistas e engenheiros, professores e estudantes que se reúnem no Atelier 103 do Centro de Artes da UFPel. As características deste espaço mostram alternativas para o convívio multidisciplinar em experiências coletivas que partem de conversas, esboços, desenhos, brincadeiras, misturas e ações de complementaridade. As obras apresentadas na exposição foram realizadas coletivamente no Atelier 103 do CA, entre 2012 e 2019, em atividades de pesquisas e de extensão vinculadas ao grupo de pesquisa “Percursos Poéticos: procedimentos e grafias na contemporaneidade” (CNPq/UFPel).

bicicleta no espaço da galeriaUma bicicleta comum, acoplada a um motor elétrico, com baterias e componentes eletrônicos e mecânicos é transformada em um dispositivo híbrido. Ela serve para pedalar na cidade, para projetar vídeos, para “manguear” um suco de laranja, para produzir eletricidade e ligar outros aparelhos elétricos.

Uma bacia, alguns canos de plástico, um microcontrolador e uma placa de acrílico se transformam num “tanque acelerador de corrosão” de placas de metal. Ele é usado para gravar placas de circuito impresso (PCI) e também gravar as matrizes que darão origem às gravuras em metal.

Placas de PCI são redesenhadas com circuitos cujas trilhas “orgânicas” são gravadas com materiais alternativos não-tóxicos usados na gravura em metal. Estas placas de circuito impresso dão origem a amplificadores, que junto com uma mala reaproveitada e com as caixas de som instaladas se tornam um dispositivo nômade de amplificação sonora no trabalho “Malandra”.

Em outro artefato, as placas gravadas fazem acionar um torno de cerâmica portátil. Conhecimentos vão passando de uma área para a outra, métodos e materiais vão sendo experimentados por estudantes das Engenharias junto com os estudantes do curso de Artes Visuais neste espaço.

O fazer artístico pode variar conforme as tecnologias acessadas, e, ao mesmo tempo, pode potencializar o fazer tecnológico. No atelier 103, os processos práticos e teóricos são influenciados por relações tanto poéticas quanto funcionais, que surgem do fazer e da materialidade com que se trabalha.

cartazCuradoria da exposição: Jessica Porciúncula, Kelly Wendt e Reginaldo Tavares
Artistas convidados: Angélica Marques, Kelly Wendt e Paulo Damé.
Coordenadores do Projeto: Angela Raffin Pohlmann e Reginaldo da Nóbrega Tavares
Integrantes do Atelier 103:
Aldemar Augusto de Oliveira Silva
Alystair Magno do Carmo
Amadeu Heiderich Machado
Amilson Martins da Rosa Júnior
André Barbachan Silva
Angélica Weber Falke Daiello
Ariane Müller Brignol
Bettina Wieth Gonçalves
Bianca Santana de Oliveira
Bruna Lopes Silva
Bruno Peres Figueirôa
Carlos Alberto Zamadei Zielak
Carolina Amaral Ehlert
Caroline Klug Reichow
Catia Batista Taveira
Cauê Vicente Pinheiro
Diego Broniszak
Diego Fogassi Carvalho
Diego Henrique Barboza
Gabriel Nogueira Vargas
Geison de Lima Martins
Giordano Alves Costa
Giovane Storgatto da Silva Junior
Giovanna Barbosa Higashi
Giovanni Fonseca Bosica
Giulia Rizzato
Henrique Cavalheiro
Isadora Cristina Bortolossi Rodrigues
James Duarte
Jarbas Gama Macedo
Jessica Porciuncula
Jordan Romano
Júlio Casarin
Larissa Dornelles da Silva Rates
Márcio de Moraes Vetromila
Márcio Telis Silveira
Marcus Vinicius da Silva Magalhães
Mariane Sampaio Barros
Mariane Simões
Martha Letícia Machado Dworakowski
Maurício Rafael Brisolara Cruz
Nouara Cândida Xavier
Pablo Guastuci Lopes
Pedro Arthur de Sá Peixoto Cogliatti
Pedro Tauã Lopes Pereira
Priscila Costa Oliveira
Rafael Maito
Rafaella Canez de Pinho
Raquel Mendes
Renato Uveda Martins
Rennan Moreira Santos de Melo
Rodrigo Herrero Macedo
Tales Vargas Brasil
Thais Nunes Amarante
Thiago Costa Perdigão
Thiago Ferreira de Araújo
Thiago Matheus Costa Guedes
Tôni Rabello dos Santos
Victor Difabio
Vinicius Augusto Alves dos Santos Borges
Vinícius Colatto Rosso
Vitor Pavan

Vernissage: 10 de dezembro, às 19h
Visitação: até 7 de março
Local: Galeria A Sala – Rua Alberto Rosa, 62

Publicado em 10/12/2019, em Destaque, Notícias. Marcado com as tags Arte, Centro de Artes, Exposição, Galeria A Sala.