Início do conteúdo

Unidade Cuidativa recebe R$ 300 mil de emenda parlamentar

Superintendente do Hospital, coordenadora da Cuidativa, reitor, voluntárias e apoiadoras do deputado Marlon SantosO Centro Regional de Cuidados Paliativos – Cuidativa, ligado à Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pelotas (FAMED/UFPel), receberá verba de R$ 300 mil por indicação do deputado federal Marlon Santos (PDT/RS). O recurso, que deverá ser liberado para a Instituição no início do ano que vem, será aplicado para aquisição de equipamentos e mobiliário para qualificar os espaços da Unidade Cuidativa.

De acordo com a coordenadora da Cuidativa, Julieta Fripp, o valor vai ajudar a melhorar as condições do serviço, que é espaço integrado e multiprofissional dedicado não só a pacientes, mas a familiares e cuidadores. Como referência em serviços de saúde para cerca de 25 municípios da região, Pelotas costuma receber pacientes de diversos locais, que precisam passar o dia na cidade para seus procedimentos. A Embaixada Cuidativa apresenta-se como um local de acolhimento, descanso, alívio – e mesmo relacionamentos e aprendizado para essas pessoas e seus acompanhantes. “Aqui eles encontram um lugar para descansar, se alimentar, passar o dia”, observou.

O recurso da emenda parlamentar deverá ser aplicado nas áreas da Embaixada Cuidativa e de reabilitação, em materiais como poltronas reclináveis, climatização, equipamentos de fisioterapia e academia – como estações de pilates -, mobiliário de cozinha e refeitório e mesas de jogos, que aliam tanto saúde quanto bem-estar.

De acordo com Marjana Mackedanz Nunes e Veridiane Souza, apoiadoras do deputado e interlocutoras junto à Unidade Cuidativa, o parlamentar preza as pautas de saúde e comprometeu-se a contribuir com a Embaixada.

Dentro da proposta da Unidade Cuidativa estão o Ambulatório Multiprofissional, as Práticas Integrativas – que envolvem ações como reiki, meditação, arteterapia e homeopatia – e Reabilitação – que inclui Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Educação Física. Além disso, também oferece oficinas e palestras para levar saúde através do conhecimento. “Proporciona um espaço de convívio social, onde é possível resgatar sonhos e desejos, inclusive para o cuidador. É uma comunidade unida para melhorar a qualidade de vida”, pontuou Julieta. Além dos profissionais, professores e estudantes, conta com a atuação de voluntários. “É um trabalho de valorização do ser humano. Onde ele volta a se sentir importante. Muitos se envolvem com esse trabalho e buscam ajudar”, destacou Marjana, que também é estudante de Fisioterapia e voluntária no local.

Ainda em janeiro a equipe da Cuidativa deverá trabalhar na lista de itens que serão licitados. A previsão é de que o material esteja disponível para usufruto da população ainda no primeiro semestre.

Publicado em 02/12/2019, em Destaque, Notícias. Marcado com as tags Comunidade, Cuidativa, Faculdade de Medicina, saúde, Unidade Cuidativa.