Início do conteúdo

Atividade na praça mostra o Pibid à população

No sábado (28), o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) da UFPel levou parte das suas atividades para a praça Coronel Pedro Osório. Foi uma mostra dos trabalhos realizados durante 2019, constituindo-se numa tarde de interação da comunidade com a Universidade. O evento contou com a participação da banda Luiz Augusto de Assumpção.

Os cursos que fazem parte do Programa foram à rua para mostrar para a comunidade o que realmente acontece e é produzido dentro da Universidade. “A Mostra do Pibid na rua vem demonstrar todas as atividades que a gente vem organizando nas escolas, nos cursos de formação de professores, com o objetivo de dar uma resposta à comunidade sobre essas atividades e marcar também como um dia de mobilização em protesto aos cortes”, afirma Liz Dias, que faz parte da equipe de gestão do Programa.

O evento reuniu cursos como Licenciatura em Geografia, Educação Física, Artes Visuais, Pedagogia e Ciências Sociais, entre outros que fazem parte do Programa. O curso Letras – Português/Inglês levou várias brincadeiras para a Mostra, com o intuito de fazer as pessoas aprenderem um pouco da língua inglesa. “Viemos apresentar para a população os projetos desenvolvidos dentro das salas de aula e também atividades lúdicas”, ressalta o estudante Rômulo Schwanz.

Para a professora da Rede Municipal de Ensino Marcele Fernandes, o evento reuniu todas as idades, com atividades acessíveis para todo mundo. “Para crianças é muito difícil ter alguma experiência assim com a Universidade. É um evento bem válido, inclusive para as crianças pequenas, que são as que mais frequentam praças”, diz Marcele. A UFPel participa do Pibid desde seu primeiro edital. Em 2018 todos os cursos de licenciatura da UFPel já estavam presentes no Programa.

De acordo com coordenadora institucional do Programa, Vanessa Caldeira, o objetivo é fomentar a formação de professores, colocando o aluno da licenciatura dentro da escola, logo de início. Os estudantes da licenciatura entram nas escolas, atuam com os professores que também são selecionados, que são os supervisores, promovendo atividades disciplinares, da sua área de formação e interdisciplinares, grupos de estudo, seminários e oficinas. “O aluno da licenciatura que entra no Pibid é o que consegue ter uma melhor qualificação. O Pibid está presente em um número bem significativo de escolas, cerca de 20, entre estaduais e municipais”, completa Vanessa.

Publicado em 30/09/2019, em Destaque, Notícias. Marcado com as tags Comunidade, Docência, Educação, Graduação, Iniciação à Docência, Licenciaturas, Pibid.