Início do conteúdo

Qual objeto de infância você guarda até hoje?

Com a proximidade do Mês das Crianças, o Museu das Coisas Banais quer saber: Qual objeto de infância você guarda até hoje? A ideia é que as pessoas compartilhem objetos que têm guardado da sua infância e que poderá fazer parte do acervo do Museu Virtual. O Museu das Coisas Banais está aceitando acervo! O objeto é doado virtualmente, basta você enviar a fotografia e a narrativa do seu objeto de infância. A doação é feita pelo o LINK : https://museudascoisasbanais.com.br/compartilhe. Os interessados podem enviar quantos objetos quiserem e compartilhar as suas memórias de infância!

Muito além das banalidades, o Museu das Coisas Banais é dedicado às memórias afetivas.
O Museu das Coisas Banais (MCB) é um projeto de extensão, vinculado ao Departamento de Museologia, Conservação e Restauro, do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Pelotas. Criado em 2014, tem como objetivo, através da criação de um Museu Virtual, preservar e compartilhar as memórias de toda e qualquer pessoa, por meio de seus objetos, que denominamos de biográficos, objetos esses que, porque eles acompanham e fizeram parte de momentos da vida dos sujeitos e, assim adquiriram valor afetivo.

A principal função do MCB é discutir esses objetos, muitas vezes considerados banais, mas são portadores de memórias, inclusive de diferentes pessoas, portanto são dignos de tornarem-se objetos museológicos.

Missão
Preservar no espaço virtual, através do compartilhamento de memórias, todo e qualquer objeto, com valor afetivo, pertencente a toda e qualquer pessoa. Dessa forma, visa ampliar e democratizar a constituição de acervos, por meio de um museu virtual, formado por objetos biográficos, além de fomentar uma reflexão sobre a relação entre as pessoas e as coisas.

O Museu nas Redes Sociais:

Instagram @museudascoisasbanais
Fanpage Facebook https://www.facebook.com/museudascoisasbanais/
Site https://museudascoisasbanais.com.br/
Youtube https://www.youtube.com/channel/UCh4fyLr-tXvzuBa-uarY0FA

Publicado em 19/09/2019, em Notícias.