Início do conteúdo

Conectar gradua Indeorum e tem quatro novas empresas incubadas

Em cerimônia na tarde desta terça-feira (9), no Pelotas Parque Tecnológico, a Conectar – Incubadora de Base Tecnológica da UFPel graduou a startup Indeorum após a avaliação positiva dos requisitos necessários e assinou contrato de incubação com quatro empresas que estavam pré-incubadas.

Fundada em 2014, a Indeorum atua principalmente na área de Data Science (extração e análise de dados) e nasceu dos fundadores da Hut8, Empresa Júnior da Computação da UFPel. Em fevereiro de 2016, a startup foi pré-incubada pela Conectar e já em julho do mesmo ano conseguiu alcançar os requisitos para passar à fase de incubação. Com 25 profissionais, a Indeorum conquistou importantes clientes como a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o Hospital de Clínicas de Porto Alegre e, mais atualmente, a Unimed. A graduação da empresa sugere que ela já tem maturidade administrativa suficiente para atuar sem o suporte da Incubadora.

Presente na cerimônia, o reitor Pedro Curi Hallal fez um apanhado sobre a trajetória da política de apoio ao empreendedorismo na UFPel. Para ele, a base da política de gestão é a formação inicial com o oferecimento de disciplinas na área de inovação em todos os cursos de graduação, passando pelas empresas juniores até chegar à Conectar, junto ao Parque Tecnológico. “Sinto orgulho em ver uma política de gestão dando resultados. A Indeorum já é reconhecida em vários lugares do País”, celebra.

Na apresentação dos resultados da Indeorum, Glauco Munsberg, revelou que a startup teve um crescimento de 1015% neste último semestre e destacou que um dos orgulhos dele e de seus sócios André Alba e Daniel Retzlaff é a possibilidade de contribuir com o desenvolvimento da região, além de conseguir manter na cidade os profissionais formados na UFPel.

Atualmente, 25 profissionais permanecem em Pelotas trabalhando na Indeorum. “Quando pensamos o que fazer depois de formados, a primeira opção é ir para São Paulo, mas nós pensamos que poderíamos formar esta mesma cultura que procuramos lá fora, aqui em Pelotas. E hoje conseguimos atender grandes clientes. São clientes de Brasília, de Porto Alegre e Santa Maria que nós, aqui no sul do sul do Rio Grande do Sul, uma cidade no final do Brasil, estamos atendendo.”, comemora Glauco.

O coordenador da Conectar, Felipe Marques, parabenizou as conquistas da equipe da Indeorum e apresentou as próximas ações da Conectar para o desenvolvimento do empreendedorismo na UFPel. “Faremos uma série de visitas às unidades acadêmicas com o objetivo de ampliar as possibilidades de empreendedorismo na Universidade”, disse.

O coordenador de Inovação Tecnológica, Vinicius Farias Campos, destacou o legado da Indeorum para a política de inovação e empreendedorismo da Universidade que também foi qualificada a partir das experiências vivenciadas com a empresa. No mesmo sentido, a administradora da Incubadora, Adalice Kosby, discorreu sobre o que a Indeorum representa para Universidade e sobre as suas contribuições para o futuro da Conectar.

Produtos

Os softwares desenvolvidos pela empresa se constituem em sistemas que objetivam dar suporte à tomada de decisões e à alocação de recursos nas instituições de ensino superior.

O Cientum é um sistema de apoio ao processo de acompanhamento da produção cientifica nas instituições, auxiliando na condução de decisões e alocação de recursos.

O Quantum (http://quantum.indeorum.com/ufpel) é um sistema de busca de competências que permite identificar pesquisadores que atuem em determinada área da ciência ou da tecnologia.

O Ranquium  é um serviço para órgãos de fomento e instituições de ensino focado em reduzir o tempo gasto na avaliação de editais e concursos.

O Atimum é uma ferramenta que permite o acompanhamento, de forma simples, de pesquisadores e suas produções.

Capes

Em 2018 a Indeorum apresentou uma proposta de trabalho para a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) que com a aprovação colocou a Capes como o maior cliente da startup.

O contrato prevê a construção de uma Dashboard dos programas de pós-graduação do Brasil, que será apresentado em breve. A plataforma será um local onde os coordenadores de pós-graduação poderão obter informações, em tempo real, sobre seus programas o que tornará mais simples a busca e a leitura de informações dos programas.

Novas empresas

Durante a cerimônia, quatro novas empresas firmaram contrato com a incubadora da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

A Vouconstruir.net é uma plataforma criada para intermediar a relação cliente-prestador, com profissionais verificados, garantindo a satisfação do contratante e a justa remuneração do profissional contratado. São oferecidos serviços gerais, como limpeza de caixas d’água e instalação e manutenção de portas e janelas. Serviços elétricos, como manutenção e instalação de componentes elétricos. Serviços hidráulicos, como manutenção de encanamentos, reparos ou instalação para componentes hidráulicos além de pinturas e impermeabilização.

Já a Elixir AI possui uma plataforma de Inteligência Artificial para Previsão de Demanda Futura para vendas de produtos que identifica de forma automática quais fatores são mais importantes para a Previsão de Vendas na empresa e encontra a fórmula que combina todos estes fatores. A tecnologia permite prever qual será a curva de venda de produtos novos e qual é o mix de produtos ideal para cada PDV ou região.

A Ignis Animal Science desenvolve produtos inovadores para os setores farmacêuticos e de nutrição animal de precisão, buscando oferecer soluções que otimizem o serviço do setor pecuário, proporcionando técnicas menos laboriosas e contribuindo para o bem-estar animal. A empresa também atua como prestadora de serviços ofertando cursos e palestras para agronegócio, firmando parcerias com empresas, startups e grupos de pesquisas das universidades do Brasil, prospectando ideias de novos produtos e inovação incremental para produtos já existentes.

A Unieloo é uma startup agenciadora de serviços na área da saúde voltada para a comunidade estudantil, sem qualquer tipo de mensalidade. O objetivo é levar atendimentos de qualidade para comunidade estudantil com preços mais acessíveis. A empresa seleciona profissionais que tenham tido vínculo com as instituições de ensino de Pelotas e que aceitem parcerias para oferecer descontos generosos aos estudantes. O site da startup é https://www.unieloo.com/.

Publicado em 10/07/2019, em Notícias. Marcado com as tags Conectar, empreendedorismo.