Início do conteúdo

Radioterapia reabre nesta sexta-feira (31)

Convite para o ato de reabertura do serviço

Após uma espera de quase dois anos e meio, o serviço de Radioterapia do Hospital Escola da UFPel/Ebserh será reaberto na manhã desta sexta-feira (31), em ato que ocorrerá às 8h30min, na Faculdade de Medicina da Universidade, local de funcionamento do serviço, na avenida Duque de Caxias, 255.

O primeiro tratamento com o novo equipamento, um acelerador linear, ocorrerá já na manhã da sexta-feira, logo após o ato de reabertura que ocorrerá no próprio serviço, com a presença de colaboradores, convidados, autoridades e imprensa, com o corte simbólico da fita. Nos primeiros 40 dias, serão planejados os tratamentos de três novos pacientes por semana, tendo em vista a necessidade de cuidados com qualidade e segurança do uso do equipamento. A expectativa é tratar até 70 pacientes por dia, após o pleno funcionamento do equipamento. E a duração média dos tratamentos é de 25 dias.

De acordo com a chefe da Unidade de Radioterapia, Cláudia Pizarro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que 60% dos casos de câncer necessitarão, em algum momento, de tratamento com radioterapia. “A qualidade da Radioterapia efetuada é de vital importância para aumentar as chances de cura e controle da doença. Daí a importância deste novo equipamento na cidade de Pelotas. Ainda mais que, atualmente, há uma longa lista de espera na cidade pelo tratamento”, acrescentou.

Segundo Cláudia, a Radioterapia do HE contará com tecnologia de múltiplas lâminas de colimação (Multi Leaf Colimation-MLC) com energia de 10MV de fótons, além de cinco energias de elétrons para o tratamento de tumores de pele e quelóides. “Isso representa maior qualidade no tratamento, com maior efetividade e segurança. A comunidade de Pelotas agora pode se orgulhar por ter tecnologia de ponta no tratamento com Radioterapia”, destacou.

Para a superintendente do HE, Samanta Madruga, o retorno às atividades do serviço de Radioterapia beneficiará a população de Pelotas e região. O objetivo é prestar um serviço de excelência para tratamento do câncer.

O serviço
O serviço de Radioterapia, situado na Faculdade de Medicina, é licenciado junto à Comissão Nacional de Energia Nuclear e atende pacientes oncológicos da comunidade de Pelotas e região Sul do estado. Os tratamentos radioterápicos contemplam pacientes encaminhados exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e regulados pela Secretaria Municipal de Saúde de Pelotas. Além da equipe assistencial composta por médicos radioterapeutas, cirurgião oncológico, médico clínico, físicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia, assistente social, nutricionista, psicólogo e dentista, o serviço receberá pós-graduandos da Residência Multidisciplinar em Oncologia.

Atualmente, mais de cem pacientes com câncer aguardam na lista de espera pelo tratamento de radioterapia na região Sul. Em dezembro de 2016 o Serviço de Radioterapia do HE foi suspenso, devido à expiração da validade da bomba de cobalto. Desde então, outras instituições absorveram a demanda.

O Hospital Escola então aderiu ao Programa de Expansão da Radioterapia do Ministério da Saúde, o qual viabilizou a construção do bunker que abriga o acelerador linear, onde foi feita a montagem do equipamento, treinamento da equipe, testes e validações pelos órgãos responsáveis.

Publicado em 27/05/2019, em Destaque, Notícias. Marcado com as tags Faculdade de Medicina, HE, Hospital Escola, Medicina, Radioterapia, saúde.