Início do conteúdo

Nota de Gestão

Com o fim do primeiro turno das eleições presidenciais e o subsequente afunilamento do processo, restando duas candidaturas antagônicas na disputa, temos observado o crescimento da intolerância e do desrespeito constante aos preceitos mais básicos da democracia e do convívio humano. Num espaço de menos de uma semana, professores da Universidade Federal de Pelotas foram ameaçados por meio de mensagens de e-mail anônimas e houve relato de gestos violentos e homofóbicos nos campi da UFPel.

A administração da Universidade Federal de Pelotas repudia todo tipo de intolerância e violência e desde já informa que investigará todas as denúncias recebidas com seriedade, acionando, quando necessário, os órgãos de segurança, em especial a Polícia Federal. O ambiente universitário deve ser local do livre pensar, do debate de ideias e da liberdade de expressão. Não arredaremos um único milímetro das premissas fundamentais da Universidade e reafirmamos nosso repúdio a qualquer tipo de violência.

Por fim, manifestamos nossa solidariedade aos servidores e estudantes vítimas de qualquer tipo de violência e nos colocamos à disposição, enquanto gestores da Universidade, para receber, de modo sigiloso ou não, toda e qualquer denúncia sobre agressões, verbais, gestuais ou físicas recebidas por nossa comunidade.

Publicado em 11/10/2018, em Notícias.