Início do conteúdo

Conservatório faz recital com Olinda Alessandrini e entrega troféus

Ocorre no dia 17 de setembro, às 19h30min, o recital da virtuose gaúcha Olinda Alessandrini, no Salão Milton de Lemos do Conservatório. Na sequência, haverá a entrega dos troféus Milton de Lemos destaque em música erudita do Conservatório de Música da UFPel. O evento faz parte das comemorações do Centenário da instituição, sendo promovido pela Associação Amigos do Conservatório de Música e tem a coordenação do professor Marcelo Macedo Cazarré. A entrada é franca.

A pianista Olinda Allessandrini é uma das mais versáteis e conceituadas pianistas brasileiras. Seu repertório abrange uma vasta escolha de obras para piano solo, além de música de câmara e concertos com orquestras.

Olinda Allessandrini graduou-se em piano pela Escola de Belas Artes da Universidade de Caxias do Sul, tendo obtido seu diploma “cum lauream”. Cursou em seguida Virtuosidade em piano, no Instituto de Artes da UFRGS, estudando com o Prof. Milton de Lemos, e sob sua orientação conquistou o cobiçado prêmio  “Medalha de Ouro”. Seu primeiro recital público foi na cidade de Pelotas, a convite da então Sociedade de Cultura Artística.

Sua discografia abrange CDs dedicados à música de Villa-Lobos, Radamés Gnattali, Chiquinha Gonzaga e Araújo Vianna, além dos CDs “Panorama Brasileiro”, “Valsas”, “pamPiano”, “Ébano e Marfim”, “Um piano na Esquina”, “Schubert, Schumann, Liszt”. Várias de suas interpretações foram selecionadas para o áudio-livro “Brasilien ohne Samba” (Brasil sem Samba), coordenado por Krzysztof Wiernicki, editora Onomato, Alemanha, 2009. A pianista também participa como solista no Concerto em lá menor, de Edward Grieg, no primeiro CD da Orquestra Sinfônica da UCS, sob a regência do Maestro Manfredo Schmiedt, e no segundo CD da mesma orquestra, interpretando a Rapsódia Nazaretheana, de Alfred Hülsberg. Em 2015 lançou seu primeiro DVD, “pamPiano”, com direção do cineasta Caio Amon. Sua constante atividade de pesquisa e de divulgação da música brasileira foram valorizadas em várias edições do Prêmio “Açorianos”, e com a distinção “Líderes e Vencedores”, pela Assembléia Legislativa do Estado em 2010, como destaque na área cultural. A pianista apresentou-se na Alemanha, Áustria, Itália, Estados Unidos, Noruega,  Uruguai, Argentina, Bolívia, e em importantes cidades brasileiras. É citada no livro Arte do Piano, de Sylvio Lago, Algol Editora, 2007: “…de técnica apurada e dotada de fina imaginação e bom gosto, Olinda Allessandrini é uma das mais atraentes pianistas do repertório nacional”.

P R O G R A M A

Bach – Busoni             Toccata, Adagio e Fuga em dó maior, BWV 564

  1. Villa-Lobos Duas peças da Bachianas Brasileiras nº 4

Prelúdio (Introdução)

Dança (Miudinho)

  1. Chopin                    Balada em sol menor, op. 23

Scherzo em si bemol menor, op. 31

Polonaise op. 53 “Heróica”

Homenageados com o Troféu Milton de Lemos

Categoria comunidade:

Jornal Diário Popular

Jornal Diário da Manhã

Rádio Cultura AM 1320

Rádio Universidade AM 1160 – UCPEL

Alessandra Senna –  RBS – Pelotas

Luís Fernando Parada –        SESC/RS

Porto 5 Empreendimentos Imobiliários

Valéria Andrade Sellas

Rosimeri Moreira

Arquiteto Armando Rodrigues da Costa

Arquiteta Helenice Macedo do Couto

Pedro Ricardo del SantoroNascido em Sorocaba – SP

Daniel Barbier – Bibliotheca Pública Pelotense

Categoria discente:

Marcelo Mendonça Schuch

Vinicius da Cruz Terres

Patrick Menuzzi

Categoria docente/performer:

Ivanov Basso

Luis Hadê

Theresinha Oxley Rodrigues

Iara André Cava

Categoria Prêmio Especial:

Eliane Brum Machado

Publicado em 13/09/2018, em Agenda, Destaque, Eventos Culturais, Notícias.