Início do conteúdo

Mais de 14% já responderam à Pesquisa do Perfil do Graduando; participação pode ser garantida até dia 30

Resta apenas um dia para o fim da 5ª Pesquisa do Perfil Socioeconômico e Cultural dos Estudantes de Graduação das Universidades Federais. Desde o início da pesquisa, 2.654 alunos da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) responderam ao questionário socioeconômico*. É um total de 14,4%, mas a Universidade ainda precisa da ajuda de mais alunos.

Vista a camisa da UFPel, participe da pesquisa e ajude a melhorar a posição da Instituição no ranking das universidades.

O que diz quem já respondeu

Para Jefferson Meira (Engenharia Agrícola) responder ao questionário é muito importante. “Através dele se demonstra a real vulnerabilidade socioeconômica dos acadêmicos”, disse.

Matheus da Cunha (Licenciatura em Matemática) respondeu porque considera importante prezar pela manutenção dos auxílios estudantis. “É algo imprescindível para mim e muita gente se manter dentro da Universidade”. Além disso, segundo ele, responder o questionário é fundamental, pois a pesquisa trata outros pontos além dos auxílios, como perfil e êxito acadêmico.

Larissa Raulino (Design Gráfico) diz ter respondido porque percebeu que era fundamental para a Universidade entender melhor a situação dos alunos.

Patrícia Ribeiro (Engenharia da Computação) considera a pesquisa essencial para a manutenção dos auxílios acadêmicos, levando em conta não apenas a UFPel, mas a quantidade de universidades que estão participando da pesquisa.

Christian Dias (Jornalismo) participou da pesquisa por entender a importância de demonstrar como a Universidade é de fato, através de dados oferecidos pelos alunos, que são os mais envolvidos na área acadêmica. “Nós, como estudantes, sabemos todas as dificuldades e limitações que encontramos durante a formação e isso deve ser exposto para os órgãos que regem a Universidade”.

Éverton Kaizer (Turismo) diz acreditar que a pesquisa é primordial para que a Universidade e os demais órgãos superiores saibam o perfil do acadêmico brasileiro e quais as suas necessidades.

Para subir no ranking
Esses estudantes entraram em campo com a UFPel. Outros alunos também podem ajudar, como eles, a fazer o sucesso da 5ª Pesquisa do Perfil Discente dos Estudantes das Universidades Federais – ela depende da participação dos alunos.

Os dados coletados na pesquisa são fundamentais para gerar subsídios para políticas públicas e obter o diagnóstico de como está constituído o corpo discente das instituições federais de Ensino Superior. Das 65 instituições participantes, a UFPel é a 59ª na classificação da Pesquisa.

*Dados consultados na manhã do dia 29

Publicado em 29/06/2018, em Destaque, Notícias.