Início do conteúdo

Corredor Arte recebe a exposição “Relatar.Amar” no Mês da Mulher

No mês da mulher, o Corredor Arte do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE UFPel) recebe a exposição “Relatar.Amar” de Nathalia Freitas, da empresa Sophia Freitas Fotografia. Fotografias de mães e gestantes são o foco do trabalho da fotógrafa e representam o universo feminino. As peças permanecerão expostas de 8 de março a 8 de abril, com horário de visitação 7h às 22h, na rua Professor Araújo, 538.

De acordo com a fotógrafa, as imagens foram selecionadas conforme a representatividade de cada uma. “Cada imagem remete a uma história diferente que eu vivenciei e muitas eu acompanhei de perto, desde o nascimento até o acompanhamento trimestral”, comentou.

Nathalia possui um projeto que envolve as gestantes internadas na Maternidade do HE, chamado “Relato de Amor”. Gestantes e puérperas lactantes são selecionadas, respeitando as condições físicas de cada uma, para uma sessão de fotos. As participantes ganham a cópia das imagens tratadas e em alta resolução. “É maravilhoso poder proporcionar esse momento às mamães. Muitas delas talvez não tivessem condições de registrar esse momento tão especial”, acrescentou.

O projeto
O HE recebe a visita da fotógrafa duas vezes por mês para a sessão de fotos. Neste dia, o Hospital cede um local para a atividade e a equipe da maternidade auxilia na seleção e no acompanhamento das participantes durante as fotos.
O projeto teve início no final de 2017 e almeja realizar esses ensaios fotográficos para a produção de um calendário, que será comercializado, visando arrecadar fundos para melhorias nas enfermarias da maternidade do HE. “Para que isso aconteça, ainda estamos em busca de parcerias para a produção do material”, explicou Nathalia.

Segundo a fotógrafa, o projeto busca aumentar a autoestima das gestantes e estimular as mães na amamentação. “Este momento lindo da vida de cada uma delas merece um registro de amor, com o objetivo de levar um momento doce e de tornar mais suave uma fase difícil que elas estão passando”, acrescentou.

Publicado em 09/03/2018, em Destaque, Notícias.