Início do conteúdo

Palestra aborda oportunidades de intercâmbio

dsc_1071Representantes da Coordenação de Relações Internacionais (CRInter) da Universidade Federal de Pelotas ministraram a palestra “Oportunidades de intercâmbio”, durante a tarde de quarta-feira (28), na 2ª Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão (SIEPE). O professor Robson dos Santos e o bolsista da CRInter Augusto Yunes falaram sobre as diferentes modalidades de intercâmbio oferecidas pela UFPel, sejam elas a partir de editais de concorrência ou não.

“A Crinter tem as tarefas de tratar dos convênios entre a UFPel e universidades estrangeiras e de auxiliar nas mobilidades dos estudantes daqui e de fora”, esclareceu inicialmente o professor Robson, que está coordenando o setor. Ele também mostrou aos estudantes alguns dados sobre os convênios atuais. A UFPel é conveniada com 94 instituições de 26 países, tendo sido fechados 17 desses convênios somente em 2016. O professor contou ainda que a tendência é aumentar, pois já mantém contato com uma universidade da Alemanha em que fez seu pós-doutorado.

O estudante de Relações Internacionais e bolsista da CRInter Augusto Yunes, posteriormente, apresentou os programa de intercâmbio e explicou sobre os editais de seleção e seus critérios. A pessoa inscrita deve ter realizado no mínimo um ano da graduação, além de possuir 70% de aproveitamento nas disciplinas cursadas, ser maior de idade e ter um plano de trabalho a ser seguido na Universidade de destino. Além disso, o bolsista contou um pouco da sua experiência internacional, tendo feito parte do seu curso de Relações Internacionais na Alemanha, através de um intercâmbio.

Há duas maneiras de fazer intercâmbio através da UFPel: com bolsa de estudos ou sem. A modalidade com bolsa conta com a seleção prévia de alunos, através de edital. No modo sem bolsa, o estudante deve selecionar uma das Universidades parceiras da UFPel e entrar em contato com o CRInter para que a Coordenação faça a comunicação com a Instituição escolhida. “Quando não há bolsa de estudos, em algumas Universidades o intercambista deve pagar apenas uma taxa no semestre, como espécie de matrícula”, esclarece Robson dos Santos. Nesse caso, a UFPel não oferece nenhum tipo de ajuda de custo.

Lista de programas de intercâmbio com bolsa de estudos disponíveis na UFPel:

  • BRACOL – parceria firmada entre Associação Colombiana de Universidades e Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras. Disponibiliza 3 vagas para alunos da UFPel.
  • BRAMEX – parceria firmada entre a Associação Nacional de Universidades e Instituições de Educação Superior da República do México e o Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras. Disponibiliza 4 vagas para alunos da UFPel.
  • IPB – parceria firmada entre Universidade Federal de Pelotas e Instituto Politécnico de Bragança, em Portugal. Disponibiliza 2 vagas.
  • D.C.A – parceria entre UFPel e Universidade de Ciências Aplicadas e Ambientais, da Colômbia. Disponibiliza 2 vagas.
  • Santander Luso-Brasileiras e Ibero-Americanas, em Portugal e na Espanha, respectivamente. Disponibiliza 5 vagas em cada um dos programas.

No fechamento da palestra, Augusto deu dicas de alguns grupos para que os interessados em aprender novos idiomas participem, como a Rede CsF, fundada por antigas intercambistas do Programa Ciência Sem Fronteiras, e o Programa Inglês Sem Fronteiras (IsF), com cursos de Inglês e Francês desde 2013, nos quais são oferecidas aulas de línguas gratuitamente. Após, os estudantes puderam fazer perguntas aos palestrantes a fim de sanar as dúvidas em relação a intercâmbios.

Para mais informações, acesso o site da CRInter, que é o http://wp.ufpel.edu.br/crinter/.

Publicado em 29/09/2016, em Destaque, Notícias.