Início do conteúdo

Atenção para os testes do Idiomas sem Fronteiras para servidores

A Coordenação de Desenvolvimento de Pessoal, da PROGEP, no objetivo de incentivar a capacitação de docentes e técnico-administrativos da UFPEL no aprendizado de idiomas, comunica que, agora, servidores também podem participar de cursos de inglês (online e/ou presencial) e realizar testes TOEFL pelo  Programa Idiomas sem Fronteiras, pelo NucLi/IsF/UFPEL.

Para os servidores interessados, o primeiro passo  é realizar o teste diagnóstico TOEFL-ITP, independentemente do nível de conhecimento do idioma. O escore no teste – cuja pontuação é totalmente sigilosa e divulgada apenas para o próprio aluno – indicará o nível de proficiência e balizará a oferta de cursos adequados para o melhor desenvolvimento linguístico dos aprendizes. Para isso, as inscrições devem ser feitas pelo site isfaluno.mec.gov.br e se encerram em três dias antes da aplicação. 

Atenção às próximas datas da próxima aplicação do teste na UFPel:

Unidades Dispersas Sala21 – Prédio Barrosoterça-feira, 03 de março de 2015, às 9h.

Unidades Dispersas Sala21 – Prédio Barrosoquinta-feira, 05 de março de 2015, às 9h.

O prédio se localiza  na Rua Almirante Barroso, esquina com Rua Lobo da Costa.

Após receber sua pontuação, o servidor poderá:

– fazer inscrição em curso de auto-estudo online “My English Online” (www.myenglishonline.com.br);

– matricular-se em um dos cursos presenciais* oferecidos pelo Núcleo de Línguas (NucLi/IsF/UFPEL). São cursos de 4 horas semanais, com material gratuito e em horários diversos;

– utilizar serviço de tutoria presencial para tirar dúvidas sobre os cursos online ou presencial, além de participar de sessões de conversação e outras atividades esporádicas oferecidas pelo Núcleo de Línguas (NucLi/IsF/UFPEL);

– fazer, periodicamente, os testes diagnósticos realizados pelo Núcleo de Línguas (NucLi/IsF/UFPEL).

* Os cursos presenciais são abertos para candidatos cuja pontuação no TOEFL seja superior a 310 pontos. Candidatos que obtenham pontuação inferior poderão fazer o curso online e obter sessões de tutoria com vistas ao desenvolvimento linguístico necessário para matrícula nos cursos presenciais, posteriormente.

Publicado em 26/02/2015, em Notícias.