Início do conteúdo

Dois Anos de Gestão: Palma melhora estrutura e amplia atividades acadêmicas

No dia 11 de janeiro, a Universidade Federal de Pelotas completou dois anos com a gestão do professor Mauro Del Pino à sua frente. São tempos de transformação e mudança, com ampliação nos investimentos em infraestrutura e ações democráticas, que inserem a comunidade acadêmica na decisão dos rumos da instituição. Tudo isso para uma maior excelência naquela que é a missão da universidade: promover o ensino, a pesquisa e a extensão para a transformação da sociedade. Para mostrar as conquistas realizadas, o Portal UFPel apresenta, nestes dias, alguns dados por área temática.

Nestes dois anos, o Centro Agropecuário da Palma (CAP) promoveu melhorias significativas em sua estrutura e ampliou as atividades acadêmicas desenvolvidas no local, como aulas práticas e pesquisas dos cursos da área rural. Hoje, são 15 docentes que atuam com suas turmas no Centro, ministrando aulas, fazendo pesquisas ou atividades de extensão. Os professores são da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (Faem), dos cursos de Agronomia e de Zootecnia, e da Faculdade de Veterinária.

DSC_0074aEntre as ações de melhorias de infraestrutura podem ser citadas o conserto de dois motores acoplados à bomba de água; a avaliação de bens semoventes; a construção de uma nova guarita no pórtico da BR 116; a reforma do pórtico da entrada pela BR 116; a reforma da guarita da entrada pela estrada do Pavão; a avaliação dos imóveis e ações para coibir o roubo de animais.

Também podem ser citadas as regularizações dos imóveis funcionais e de lindeiros do Centro; melhorias na rede de alta tensão; e parcerias com diversos setores da Universidade para empréstimo de equipamentos. Outra ação de destaque foi a reforma do Horto, com a construção de novos galpões e canteiros de produção de mudas.

A rede elétrica de baixa tensão foi recuperada, com a colocação de novos postes e fiação e também foi instalada rede elétrica no galpão que futuramente abrigará o laboratório de grãos.

Centro aberto

O CAP, nas parcerias que firmou, colocou-se à disposição das escolas municipais, estaduais e particulares dos municípios de Pelotas e do Capão do Leão, disponibilizando estrutura física e procurando mostrar a importância das atividades desenvolvidas para as comunidades interna e externa.

Difusão do Conhecimento

Dentro do Programa Proext 2015, foi aprovado projeto de extensão que contemplará os 23 municípios da mesorregião sul. Serão ofertados cursos por módulos a pequenos agricultores, referente às atividades desenvolvidas no CAP, como inseminação artificial em bovinos e ovinos, transferência de embrião, poda e enxertia, apicultura, processamento do mel, preparo de doces e geleias com frutas da região e produção de mudas de espécies nativas, exóticas e ornamentais.

Confira outras notícias sobre as realizações da atual gestão em Dois Anos de Gestão.

Publicado em 24/02/2015, em Notícias. Marcado com as tags Dois Anos de Gestão.