Início do conteúdo

Dois anos de Gestão: Integração com a sociedade

No dia 11 de janeiro, a Universidade Federal de Pelotas completou dois anos com a gestão do professor Mauro Del Pino à sua frente. São tempos de transformação e mudança, com ampliação nos investimentos em infraestrutura e ações democráticas, que inserem a comunidade acadêmica na decisão dos rumos da instituição. Tudo isso para uma maior excelência naquela que é a missão da universidade: promover o ensino, a pesquisa e a extensão para a transformação da sociedade. Para mostrar as conquistas realizadas, o Portal UFPel apresenta, nestes dias, alguns dados por área temática.

A UFPel vem desenvolvendo várias ações de integração com a sociedade, visando o desenvolvimento regional. Entre elas, destacam-se a elaboração de planos de Saneamento para municípios, como os firmados com cidades como São José do Norte e Arroio Grande. O acordo objetiva apoiar a execução da elaboração dos planos municipais de Saneamento Básico das localidades e é coordenado pela Agência de Desenvolvimento da Bacia da Lagoa Mirim (ALM), órgão suplementar da Universidade.

A Universidade, através da ALM, está incumbida da elaboração dos diagnósticos sobre a situação dos serviços de saneamento básico e sobre o sistema de abastecimento de água, o sistema de esgotamento sanitário, o sistema de coleta, transporte e destinação final de resíduos sólidos urbanos, e a drenagem urbana dos municípios, para, a partir daí, estabelecer, juntamente com os técnicos das prefeituras, plano de metas e ações, visando a concepção final do plano de saneamento das cidades.

Outra ação social importante é o apoio à Agricultura Familiar, através da compra de alimentos produzidos neste segmento da região visando abastecimento dos restaurantes-escola da Universidade. A aquisição de produtos da agricultura familiar foi uma forma encontrada pela universidade para direcionar recursos públicos para esse tipo de produção e gerar uma demanda frequente a esse público, gerando mais renda às famílias produtoras.

DSC_6267Conforme dados da Fundação de Apoio Universitário, cerca de 85% dos alimentos do RE vem da agricultura familiar, sendo 30% destes produzidos de forma orgânica. Levando em conta somente os vegetais, a sua totalidade é produzida dessa forma. Nas novas chamadas de compras, esse percentual deve ser ainda mais elevado.  São cerca de 250 famílias beneficiadas pelo projeto.

Os agricultores trazem seus produtos para mostra e comercialização na Universidade, em feirinhas que ocorrem semanalmente no Campus Porto e no campus Capão do Leão.

O setor primário também recebe ações na área da piscicultura. A Barragem do Arroio Chasqueiro, estrutura localizada no município de Arroio Grande, administrada pela ALM, recebeu, em novembro, a primeira edição do Dia de Campo em Piscicultura. O evento, promovido em uma parceria entre a ALM/UFPel, a Emater e a Embrapa, reuniu quase 300 produtores de oito municípios da região.

DSC_5440Os principais atendidos pela ação foram pequenos agricultores, assentados e quilombolas, além de pescadores interessados em trabalhar com piscicultura durante o período de defeso, de forma a agregar a produção de peixes como geração de renda. Os produtores saíram satisfeitos com o que foi apresentado. Para a coordenadora de ações para etnias do município de Canguçu, a quilombola Maica Soares, o dia foi muito produtivo. Ela afirma que o incentivo à piscicultura pode trazer um aumento na renda das cerca de 500 famílias quilombolas do local, que atualmente criam peixes apenas para consumo.

Campanhas

A Universidade tem se empenhado também em participar das principias questões e preocupações da sociedade, como a violência contra as mulheres. Assim, no fim de 2014 foi lançada a campanha Chega de Violência, Pelotas sem Medo, ação articulada pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura com autoridades de segurança pública e outras instituições. O material elaborado pela Coordenação de Comunicação Social é veiculado nas mídias da Universidade, como a página da UFPel.

Confira outras notícias sobre as realizações da atual gestão em Dois Anos de Gestão.

Publicado em 03/02/2015, em Notícias. Marcado com as tags Dois Anos de Gestão.