Início do conteúdo

Nova UTI Neonatal integra HE à Rede Cegonha

UTI NeoA nova estrutura da UTI Neonatal do Hospital Escola (HE/UFPel), inaugurada em setembro/2013, adequou a unidade às políticas da Rede Cegonha, Programa do Governo Federal que visa garantir atendimento de qualidade a todas as brasileiras pelo Sistema Único de Saúde (SUS), desde a confirmação da gestação até os dois primeiros anos de vida do bebê.

Até então, a UTI Infantil do HE estava habilitada como mista e contava com seis leitos neonatais e três pediátricos. Considerando a normatização da Anvisa que impede o funcionamento de unidades mistas, a gestão do HE investiu na readequação interna da UTI para atender a legislação e passar a atuar como UTI nível II, atendendo exclusivamente como neonatal com dez leitos.

Os investimentos de infra-estrutura no espaço foram realizados com recursos próprios da UFPel (cerca de 60 mil reais), contemplando melhorias como a troca de pisos, reforma de sanitários, pintura, adequação de rede elétrica e de gases medicinais e climatização. Já os novos equipamentos, foram adquiridos através do REHUF, com destaque para um carro de emergência com desfibrilador, respiradores para todos os leitos, monitores multiparamétricos, fototerapias super led, incubadoras com balança, oximetria, controle de oxigênio e umidade no interior do equipamento.

De acordo com a médica chefe da UTI Infantil, Maria Amália Saveda, 50% dos óbitos infantis ocorrem na primeira semana de vida. Neste cenário, a readequação da UTI do HE torna-se importante na diminuição da mortalidade infantil na região que, atualmente, tem o maior índice do Estado.

Na oportunidade, a diretora do HE, Julieta Carriconde Fripp, destacou que em 2013 foi necessário transferir 12 bebês para UTIs de outras cidades. “Os 10 leitos de UTI neonatal, em conjunto com outras iniciativas da gestão, irão melhorar consideravelmente o atendimento na região”, disse.

A transição da UTI Infantil para UTI Neonatal foi feita de forma a não comprometer o atendimento pediátrico.

Impossibilitado de se fazer presente ao ato, o governador do Estado, Tarso Genro, se fez representar pelo chefe de gabinete da Secretaria Estadual da Saúde, Fábio Rolim Medeiros, além do diretor do Departamento de Coordenação das Regionais (DCR), Márcio Slaviero, do assessor do DCR, Tobias Velho, e do titular da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (3ª CRS), Milton Martins. A secretária de Saúde de Pelotas, Arita Bergmann, também participou da inauguração.

Rede Cegonha
Dentro do processo de readequação para atender a pleno as políticas da Rede Cegonha outras ações estão sendo desenvolvidas:

– Adequação do setor de obstetrícia intra-hospitalar: o setor possui porta aberta às gestantes do município e da região, principalmente para situações de alto risco. Já foram realizadas adequações com ampliação do número de leitos, passando para 20 leitos de alto risco;

– Casa da Gestante e Centro de Parto Normal: em conformidade com a Portaria GM 1020 maio 2013, o HE está elaborando projeto para habilitar a Casa da Gestante, Bebê e Puérpera (CGBP) para 20 gestantes, onde será agregado o Centro de Parto Normal Peri-Hospitalar;

– Mãe Canguru – projeto em andamento para habilitação;

– Hospital Amigo da Criança – a gestão está diagnosticando todas as necessidades para o HE receber a certificação de Hospital Amigo da Criança, conforme portaria n°80 GM, fevereiro 2011.

Estamos reconstruindo a UFPel! Clique aqui e veja as ações de infraestrutura que estão transformando a nossa Universidade.

Publicado em 05/03/2014, em Destaque, Notícias. Marcado com as tags Estamos reconstruindo a UFPel!, UTI Neonatal.