Início do conteúdo

CPA e Avaliação de Desempenho dos Servidores são discutidas no Consun

DSC_0905Em reunião ordinária, no dia 20 de dezembro, o Conselho Universitário (Consun) deliberou vários temas da pauta programada, destacando-se a proposta do Regimento da Comissão Permanente de Avaliação (CPA) e o Programa de Avaliação de Desempenho dos Servidores Técnico-administrativos e Ocupantes de Funções Gratificadas e Cargos Comissionados.

O Regimento da CPA foi aprovado após algumas alterações no texto do artigo 6º que estabelece a composição da Comissão. Foi mantida a composição de três docentes, três técnico-administrativos, três discentes e três integrantes da sociedade civil, sendo que a representação estudantil será indicada pelo DCE e a representação docente e dos servidores será escolhida em eleição direta conduzida pelo Consun. Caso a eleição não tenha inscritos suficientes de cada categoria, o próprio Consun indicará os nomes.

Quanto ao Programa de Avaliação de desempenho dos servidores técnico- administrativos e ocupantes de funções gratificadas e cargos comissionados, foram acatadas as colocações da coordenadora de Desenvolvimento de Pessoal, Juliana Souza, que acredita que o Programa é inadequado à realidade atual da UFPel. Com isso, o texto retorna à Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas para criação de um Grupo de Trabalho que fará a readequação do Programa. O assunto será novamente pauta do Consun no prazo de seis meses.

Em votação, foram escolhidos os nomes do novo representante do Consun e de seu suplente junto ao Conselho Coordenador do Ensino, Pesquisa e Extensão (Cocepe) que assumirão o lugar antes ocupado pelos professores Edar Anãnã e Victor Gonçalves, que tiveram os seus mandatos findos. Os conselheiros acataram a candidatura do diretor do Centro de Letras e Comunicação, Luís Amaral, e de sua suplente, diretora do Instituto de Biologia, Gládis Ribeiro.

Outros temas também entraram em análise, como a proposta de Doutorado em Ciência de Engenharia de Materiais do Centro de Desenvolvimento Tecnológico que, ad referendum, foi aprovada e já terá início no primeiro semestre de 2014. O regimento Interno do Centro de Ciências Químicas, Farmacêuticas e de Alimentos (CCQFA), após adequações no texto propostas na reunião anterior, também foi aprovado.

A alteração de estrutura do Instituto de Biologia (IB), do Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre (NURFS) e do Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) foi aprovada, passando o NURFS/CETAS a atuarem como órgãos suplementares do IB. O parecer sobre a proposta de Regimento do Centro de Letras e Comunicação foi aprovado com alterações.

Publicado em 20/12/2013, em Destaque.