Início do conteúdo

Projeto Institucional CT-INFRA é enviado para a FINEP

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação liderou o processo de construção da proposta institucional para o Edital CTINFRA deste ano, que contemplou oito subprojetos nas diversas áreas do conhecimento, em um total de R$ 16.376.487,50. A partir da definição de prioridades, e com o apoio da Pró-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento, a proposta encaminhada à Finep foi elaborada por representantes dos subprojetos supervisionados pelo Prof. Luciano Agostini da Coordenação de Pesquisa da PRPPG, responsável pelo envio do projeto institucional.

Todo esse processo foi conduzido após chamada pública para a apresentação de subprojetos e de algumas reuniões com a comunidade, quando as demandas foram organizadas e as prioridades institucionais definidas. Algumas propostas foram aglutinadas e outras reduzidas para contemplar as exigências do edital, atender as prioridades institucionais e ampliar a competitividade da proposta. Infelizmente, nem todas as demandas da comunidade puderam ser atendidas neste momento.

Todos os 40 Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da UFPel serão beneficiados com os subprojetos submetidos, caso estes sejam aprovados. Esta foi uma característica marcante da proposta institucional organizada neste ano, já que muitos PPGs não beneficiados anteriormente foram priorizados neste edital e receberam a chance de buscar recursos para qualificar a pesquisa em suas áreas de conhecimento. Além disso, subprojetos focados em problemas globais da pesquisa e da pós-graduação da UFPel também foram priorizados, buscando garantir que toda a comunidade fosse beneficiada.

Toda a equipe da PRPPG agiu proativamente na construção dos subprojetos e, principalmente, na busca de apoios dos pesquisadores e dos PPGs da UFPel para os subprojetos que estavam sendo construídos. Este esforço, somado ao esforço das equipes proponentes, garantiu um apoio direto de 201 pesquisadores doutores às propostas submetidas. Destes, 92 pesquisadores possuem bolsa de produtividade. Este número é importante, pois 92 dos 116 bolsistas PQ da UFPel aceitaram apoiar pelo menos um dos subprojetos construídos, em uma clara demonstração de comprometimento com a instituição. Além disso, 100% dos PPGs apoiaram um ou mais subprojetos.

Abaixo encontra-se uma breve descrição dos subprojetos enviados à FINEP no CTINFRA deste ano. Os três primeiros (CEUFPEL, CCN-UFPEL e BIOTERIO) focam em construções para atendimento de demandas coletivas da pesquisa e pós-graduação da UFPel. Os três seguintes (NEP-CCL, CPPGR e CPPCHSSA) focam na construção de espaços compartilhados entre grupos de PPGs. Os dois últimos (CCA-RMN e BTOX-BBIO) focam na aquisição de equipamentos multiusuários de grande porte para atendimento de múltiplos PPGs.

1) CEUFPEL – Centro de Eventos da UFPel: tem o objetivo de iniciar a construção de um grande centro de eventos institucional na antiga fábrica da Brahma. Nesta primeira fase está prevista a construção do auditório principal. Esta proposta contou com 45 pesquisadores proponentes, sendo 33 com bolsa PQ. Além disso, a proposta obteve apoio de 36 PPGs.

2) CCN-UFPel – Centro de Computação em Nuvem: tem por objetivo a construção de prédio onde serão instalados serviços computacionais avançados para os PPGs e a comunidade em geral. Este subprojeto foi proposto por 76 pesquisadores, sendo 27 bolsistas PQ. Além disso,
33 PPGs apoiaram este subprojeto.

3) BIOTERIO – Ampliação do Prédio do Biotério Central da UFPel: tem o objetivo de duplicar a estrutura atual do Biotério Central, ampliando o volume e diversificando a produção de modelos biológicos. O subprojeto recebeu apoio de 9 PPGs e de 66 pesquisadores, sendo 31 deles bolsistas de produtividade do CNPq.

4) NEP-CCL – Núcleo de Excelência em Pesquisa Campus Capão do Leão – Fase II: tem o objetivo de construir o segundo módulo do projeto NEP (o primeiro foi aprovado em edição passada do CTINFRA e o recurso deve ser liberado ainda este ano). Este segundo módulo é direcionado as áreas de alimentos e biológicas. Foram 19 pesquisadores apoiando este subprojeto, 17 bolsistas PQ. O subprojeto também contou com apoio de 7 PPGs.

5) CPPGR – Centro de Pesquisa e Pós-Graduação em Rede no Campus Porto para o Monitoramento dos Indicadores IDH visando a Sustentabilidade do Bioma Pampa: tem por objetivo a construção de prédio para ser compartilhado, principalmente, entre os PPGs do Campus Porto, para desenvolverem pesquisas em torno deste tema. O subprojeto contou com o apoio de 15 PPGs e a equipe foi formada por 40 pesquisadores, sendo que 18 deles possuem bolsa PQ.

6) CPPCHSSA – Centro de Pós-Graduação e Pesquisas em Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas: tem por objetivo a construção do primeiro módulo para este centro, incluindo biblioteca e salas para os PPGs nas áreas de Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas. São 12 PPGs da área apoiando a proposta, que contou, na equipe, com 15 pesquisadores, sendo 6 bolsistas de produtividade do CNPq.

7) CCA-RMN – Consolidação da Central Analítica da UFPel – Aquisição do Espectrômetro de RMN: tem o objetivo de seguir qualificando a Central Analítica da UFPel através da aquisição de um equipamento multiusuário de grande porte. Foram 14 PPGs apoiando este subprojeto, proposto por 41 pesquisadores, sendo 39 com bolsa PQ.

8) BTOX-BBIO – Biotecnologia e Toxicologia Aplicados a Bioativos e Bioprodutos: tem por objetivo sanar uma deficiência estrutural da UFPel através da aquisição de equipamento multiusuário de grande porte direcionado para a área biológica. Este subprojeto teve o apoio de 3 PPGs e foi proposto por 56 pesquisadores, sendo 31 deles com bolsa PQ.

A PRPPG aproveita para agradecer o enorme esforço de todos os pesquisadores envolvidos na elaboração destes subprojetos, que dedicaram seu tempo para qualificar a proposta da UFPel em ações que, se aprovadas pela FINEP, irão beneficiar toda a instituição. Outro agradecimento importe é para as equipes da Coordenação de Pesquisa da PRPPG e do Departamento de Planejamento Físico da PRPD, que mesmo com tantos desafios simultâneos, dedicou um esforço enorme para auxiliar na construção dos subprojetos, sendo este último responsável pela elaboração de projetos que envolviam obras civis.

Publicado em 04/06/2013, em Notícias.