Início do conteúdo

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação visita FINEP

Nesta quarta-feira(24), a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Denise Gigante, e o diretor de Pesquisa, Luciano Agostini, realizaram visita à FINEP, no Rio de Janeiro, com os objetivos de apresentar a nova administração da UFPel e tratar algumas questões relativas ao financiamento da pesquisa através dos editais PROINFRA da FINEP. Durante todo o dia foram realizadas reuniões com o diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Fernando Ribeiro, e seu assessor, João Paulo de Jesus, com o superintendente da Área de Universidades, André Cabral de Souza,com o coordenador do Departamento de Fomento, Análise e Acompanhamento – Infraestrutura das Universidades, Ricardo Rosa, e com o setor de Prestação de Contas, incluindo a analista técnica Rosilene Cardoso, e os técnicos Fernanda Ladeira de Medeiros e Wildson Alves.

Além dessa apresentação inicial da nova gestão da UFPel, objetivos mais específicos relacionados com diferentes editais PROINFRA foram também discutidos nessas reuniões. O primeiro deles foi uma tentativa de recuperar recursos de editais anteriores aprovados pela UFPel, mas não liberados pela FINEP por vários motivos. No Edital de 2007, quando o convênio deveria ser assinado pela Fundação Delfim Mendes da Silveira, 100% dos recursos aprovados (pouco mais de 2 milhões de reais) foram perdidos, por inadimplência dessa Fundação com a FINEP. No Edital de 2008, parte dos recursos foi liberada, porém, quase R$ 3 milhões foram perdidos. Isso aconteceu em função do encerramento precoce deste convênio em novembro de 2012, já que não houve pedido de prorrogação no prazo correto. Nos dois casos, não foi possível reverter a situação, pois a ausência de convênios ativos não permite a liberação de recursos pela FINEP, sendo impossível a reativação desses convênios.

O segundo objetivo dessas reuniões foi solicitar o envio para a UFPel dos recursos dos convênios ativos referentes aos editais de 2009, 2010 e 2011. Para os dois primeiros a sinalização foi muito positiva, pois existem recursos disponíveis na FINEP para desembolso imediato. Então a equipe da PRPPG irá acelerar o envio dos documentos daqueles projetos que estão prontos para receberem o financiamento. Para o edital de 2011, alguns entraves burocráticos ainda devem ser superados para que o convênio possa iniciar sua execução. Nesse sentido, nos próximos dias a equipe da PRPPG buscará solucionar essas questões ainda em aberto.

Também foi discutida, nas reuniões, a prestação de contas do Edital de 2008, onde recursos que deveriam ter sido aplicados em subprojetos desse convênio foram utilizados em subprojeto aprovado no convênio do ano seguinte. Assim, será preciso aguardar uma avaliação técnica da FINEP esperando que seja possível a aprovação desta prestação de contas. Caso contrário, os recursos dos convênios ainda ativos e a alocação de recursos dos próximos editais poderão ficar comprometidos.

O último objetivo dessas reuniões foi apresentar o que está sendo discutido para o edital deste ano e, nesse sentido, foi possível confirmar que os encaminhamentos que estão sendo dados na UFPel, na direção da construção de proposta focada nos problemas globais da pesquisa na UFPel, estão de acordo com o que é esperado pela FINEP. Além disso, a equipe da FINEP fez sugestões para ampliar a competitividade das propostas da UFPel. Essas informações serão repassadas ao grupo que está trabalhando nessa nova proposta na próxima reunião, que será realizada na segunda-feira, 29.

Publicado em 25/04/2013, em Notícias.