Início do conteúdo

Assume a nova direção da FAU

dsc_2056.jpg dsc_2084.jpg Em ato realizado no auditório do Hospital Escola, assumiu nesta quarta-feira (24) à tarde a nova direção da Fundação de Apoio Universitário (FAU) da UFPel. O novo diretor presidente é Cristiano Guedes Pinheiro (segundo da esq. para a dir.), que terá como diretor secretário Sérgio Wotter (terceiro), como diretor financeiro Carlos Antônio Vecchi (primeiro) e como diretor financeiro adjunto Hemerson Pase (quarto).

Em seu discurso, o novo presidente lembrou a política da atual gestão da UFPel, que é a de saneamento e unificação das três fundações vinculadas à Universidade, que são a FAU, a Fundação Simon Bolívar e a Fundação Delfim Mendes Silveira. Pinheiro qualificou o quadro técnico da FAU como altamente capacitado para o exercício das funções de uma fundação de apoio, que são as de dar suporte aos projetos de pesquisa, de ensino e de extensão da Universidade.

O novo presidente recordou que o saneamento e a unificação das fundações são compromissos de campanha da gestão. Sublinhou as especificidades do trabalho da FAU e sua vinculação estreita com o Hospital Universitário. “Não tomaremos nenhuma medida que coloque em risco qualquer trabalho desenvolvido no Hospital”, garantiu.

Quanto à adesão da UFPel à Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), Pinheiro disse que este é um processo não finalizado e que envolverá amplo debate com a comunidade.

Um resgate histórico da Faculdade de Medicina, do Hospital Escola e da própria FAU marcou o discurso da diretora do Hospital Escola, Julieta Carriconde Fripp. Ela afirmou que hoje o HE e a FAU tem uma simbiose que não permite que um se separe do outro. Dois terços do quadro de pessoal do HE são da FAU, sendo o um terço restante de servidores do Regime Jurídico Único (RJU).

Lembrou os serviços prestados pela Fundação ao Hospital, como os de recursos humanos, financeiros, jurídicos, de hotelaria e de comunicação, entre outros. “Devemos ampliar ainda mais os projetos e a infraestrutura”, sentenciou.

Representando o reitor Mauro Del Pino e estando no exercício da Reitoria, o vice-reitor Carlos Mauch abordou a importância histórica da FAU e sua vinculação com o Hospital. Mencionou o setor de projetos da FAU, que desempenha importante papel no apoio à pesquisa na UFPel.

Reafirmou a intenção da gestão de unificar as três fundações e, para tanto, Cristiano Pinheiro deverá prosseguir na presidência da Fundação Simon Bolívar, cargo que ocupa há cerca de 45 dias.

Mauch disse que é preciso qualificar ainda mais os serviços do hospital, que são realizados com carinho e esforço pelos servidores. A necessidade de haver um controle público nas fundações foi reafirmada pelo vice-reitor. Ele disse que a relação da Universidade com as fundações deve ser a de uma parceria onde seja dado o apoio necessário ao desenvolvimento dos projetos de ensino, pesquisa e extensão da Instituição.

Currículo
Cristiano Guedes Pinheiro é graduado em História/Licenciatura e mestre em Educação pela Universidade Federal de Pelotas. Atualmente é doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE-UFPel). Atuou entre 2000 e 2008 como professor, com experiência docente no ensino fundamental e médio. Desde 2008, tem desenvolvido projetos de pesquisa e extensão na UFPel.

Professor efetivo do Magistério Público Estadual do Rio Grande do Sul, está cedido para a Universidade Federal de Pelotas, onde atua na implementação da política da atual administração superior para as fundações de apoio, política que prevê a unificação das atuais fundações existentes (FAU, Fundação Simon Bolivar e Fundação Delfim Mendes Silveira).

Publicado em 24/04/2013, em Notícias.