Início do conteúdo

Polícia Federal investiga incêndio na Palma

A Polícia Federal está investigando o incêndio que atingiu dez hectares de campo no Centro Agropecuário da Palma, na noite desta quarta-feira(30). O fogo começou no início da noite e não atingiu qualquer área acadêmica ou de pesquisa. O sinistro causou danos ambientais na área. Assim que notificada, a administração da Universidade compareceu ao local, com o vice-reitor Carlos Mauch e com o pró-reitor administrativo adjunto, Gilson Porciúncula. Os bombeiros foram acionados e, depois de trabalharem por toda a noite, conseguiram controlar o fogo.

A Reitoria da UFPel acionou a Polícia Federal ainda na noite da quarta-feira, que enviou um agente e um perito ao local. Eles começaram as investigações imediatamente. Na manhã desta quinta-feira, o reitor Mauro Del Pino enviou ofício ao delegado Gerson Molina Jacques, da Polícia Federal de Pelotas, solicitando formalmente a realização de perícia para determinar as causas do incêndio. Há suspeitas de incêndio criminoso.

Publicado em 31/01/2013, em Notícias.