Início do conteúdo

UFPel tem novo reitor. Mauro Del Pino tomou posse no cargo nesta sexta(11)

assinatura-termo-de-posse.jpg Um auditório repleto e empolgado tornou calorosa e vibrante a sessão solene dos Conselhos Superiores da UFPel, realizada no início da noite desta sexta-feira(11), no auditório da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, para a transmissão do cargo de Reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) ao professor Mauro Augusto Burkert Del Pino, eleito para o período 2013/2016.

reitor-e-vice.jpg Prestigiada por autoridades da área política, militar e eclesiástica, reitores de instituições de ensino superior e demais membros da comunidade acadêmica, a cerimônia foi dividida em duas etapas: a primeira, presidida pelo agora ex-reitor Cesar Borges, foi dedicada a um balanço de suas três gestões administrativas, compreendidas nos períodos 1993/1997 e 2005/2012; na segunda, sob a presidência do professor Mauro Del Pino, o novo reitor procedeu o ato de nomeação do vice-reitor, professor Carlos Rogério Mauch, e da equipe de pró-reitores, e reiterou os compromissos assumidos na campanha eleitoral que o levou à Reitoria.

discurso-cesar.jpg Ao transmitir o cargo, Cesar Borges disse estar movido pelo sentimento de júbilo e gratidão pelas realizações alcançadas. Citou a pavimentação do campus Capão do Leão, investimentos em telefonia, e os esforços para a internacionalização da Universidade, com iniciativas como a criação do Centro de Integração do Mercosul e da Agência da Lagoa Mirim.  Especialmente sobre a gestão que se encerra, mencionou o aumento do número de cursos de graduação, de 47 para 103; do número de estudantes, de 8 mil para 22 mil; e a criação de 30 novos cursos de Mestrado e Doutorado.

O ex-reitor citou como exemplo do crescimento a criação de 11 cursos de engenharia, “sem esquecer da cultura e das artes”, áreas em que foram criados os cursos de Museologia, Teatro, Cinema e Dança, e de outros espaços como o Mercosul Multicultural, no prédio da antiga Cervejaria Brahma. Deu ênfase também à criação do curso de Conservação e Restauro e à contribuição para a preservação do patrimônio arquitetônico da cidade, com a recuperação do Lyceu Rio-Grandense e do Casarão 8. Entre os pontos destacados está a criação do campus Porto, sede da nova Reitoria e de várias unidades acadêmicas, que juntamente com outros prédios adquiridos forma o corredor do saber, na área compreendida entre as ruas Alberto Rosa, Gomes Carneiro e Benjamin Constant.

A revitalização da região do Porto, o ingresso de 600 novos professores, a criação da Unipampa (processo que esteve a cargo da UFPel e UFSM), a atuação nas áreas de fronteira, a criação dos polos de Eldorado do Sul e Pinheiro Machado e o aporte mensal de R$ 6 milhões na economia local também foram aspectos ressaltados por Cesar Borges. “Há muito por fazer, mas com vontade política, com a continuação das obras que estão em andamento e com a máxima dedicação da nova gestão, esta Universidade, por certo, dará um salto de qualidade”, afirmou Cesar Borges.

Na oportunidade, o Professor Emérito da UFPel, Sidney Castagno, entregou uma placa em homenagem ao ex-reitor, destacando em seu breve pronunciamento a expansão física da UFPel, a viabilização do projeto de construção do Hospital-Escola, com cerca de 400 leitos, e o crescimento no número de cursos e alunos.

Mauro Del Pino

discurso-mauro.jpg “Este é um momento de grande felicidade, de muita alegria e de extrema emoção, posto que se encerra um ciclo na UFPel e começamos uma nova história, que produzirá novas marcas, que delineará uma nova trajetória para a Universidade”, sentenciou o novo reitor, no início de seu pronunciamento.

Ovacionado pela plateia, Mauro Del Pino voltou a elogiar o processo eleitoral, a apresentação livre e franca de propostas, as conversas e debates e o que chamou de “vento de liberdade e de democracia que soprou em todos os campi”. Segundo ele, isso se tornou possível porque a comunidade acadêmica chamou a si a responsabilidade de soprar este vento, “inflando as velas da democracia”. Ele agradeceu aos atores coletivos responsáveis por esse fenômeno: às entidades representativas das três categorias (Adufpel, Asufpel e DCE), à Comissão Eleitoral, aos candidatos e apoiadores de todas as chapas, à comunidade acadêmica, ao Conselho Universitário, por referendar o resultado, e à presidente Dilma Roussef e ao ministro Aloizio Mercadante, por respeitar a decisão da comunidade acadêmica da UFPel.

Sobre os compromissos assumidos na campanha Del Pino afirmou: “Quero inaugurar como prática fundadora, como marca da nova gestão, o diálogo – o saber ouvir e o saber dizer, que pressupõe de nós, ao mesmo tempo, humildade, firmeza de princípios e flexibilidade”.

Mesmo admitindo que seria dispensável afirmar, diante da responsabilidade original, como servidores públicos, Del Pino assegurou fazer uma administração rigorosamente pautada nos princípios legais da administração pública, de impessoalidade, publicidade, legalidade, moralidade e eficiência.

“Quero também reafirmar nossa prioridade em torno dos quatro eixos fundamentais de nosso programa: a gestão democrática, a busca incessante da qualidade acadêmica, a construção das condições para o desenvolvimento de pessoal técnico-administrativo e docente e o compromisso da UFPel para com a comunidade de nossa região e para com a sociedade brasileira”.

Outros pronunciamentos

Representando os três segmentos da comunidade universitária, foram convidados a subir ao palco o formando em Direito e acadêmico de Filosofia, Lawrence Estivalet; a docente mais antiga, professora Estér Guttiérrez, e o técnico-administrativo do Hospital Escola, Edimar Gonçalves Ribeiro. Os dois primeiros usaram da palavra.

Pró-Reitores

Durante o ato, o reitor Mauro Del Pino nomeou oficialmente os pró-reitores, já anunciados em data anterior. São eles: Pró-Reitoria de Graduação – professora Fabiane Tejada da Silveira; Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – professora Denise Petrucci Gigante; Pró-Reitoria de Extensão e Cultura – professor Antônio Carlos Martins Cruz; Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento – técnico-administrativo Luiz Osório Rocha dos Santos; Pró-Reitoria Administrativa – técnico-administrativo Antônio Carlos de Freitas Cleff; Pró-Reitoria Administrativa Adjunta – professor Gilson Simões Porciúncula; Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis – técnica-administrativa Rosane Maria dos Santos Brandão; Pró-Reitoria de Gestão de Recursos Humanos – técnico-administrativo Sérgio Batista Cristino.

Simbolizando as nomeações de todos os titulares de Coordenadorias ligadas aos Gabinetes do Reitor e do Vice-Reitor e às Pró-Reitorias, foi nomeado para a Coordenadoria de Comunicação Social o técnico-administrativo Sérgio Sarkis Yunes.

A mesa de honra

Além de Cesar Borges e de Mauro Del Pino e dos vice-reitores Manoel Luiz Brenner de Moraes e Carlos Rogério Mauch, a mesa de honra foi composta pelas seguintes autoridades: professora Cleusa Maria Sobral Dias, reitora da Furg; professora Vera Medeiros, representando a Unipampa; professor Antônio Carlos Brod, reitor do IF-Sul; Paula Schild Mascarenhas, vice-prefeita de Pelotas; Waldemar Ornel, presidente da Câmara de Vereadores; dom Jacinto Bergmann, arcebispo metropolitano de Pelotas e chanceler da UCPel; José Carlos Bachetini Jr., reitor da UCPel; professor Círio Machado Almeida (5ª CRE), representando o Governo do RS; deputada estadual Miriam Marroni, representando a Assembléia Legislativa do RS; deputado federal Fernando Marroni, representando a Câmara dos Deputados; major Menezes, representando a 8ª Brigada de Infantaria Motorizada; Capitão Régis Agnaldo da Silva, representando o 9º Batalhão de Infantaria Motorizada; Eliane Chaves Pimenta, representando o 5º Distrito Naval de Rio Grande.

Também se fizeram representar, por seus titulares ou pelos vice-prefeitos, os municípios de Capão do Leão, Pinheiro Machado, São Lourenço do Sul, Pedro Osório, Santa Vitória do Palmar, Candiota, São José do Norte, Turuçu e Morro Redondo; além do diretor executivo nacional da Embrapa, Waldir Stumpf, do chefe da Embrapa Terras Baixas, Glênio Pilon, dos professores eméritos da UFPel Sidney Castagno e Aldyr Garcia Schlee, e dos ex-reitores da UFPel, André Haack, e da Furg, João Carlos Cousin.

Recepção

Antes da cerimônia, as autoridades e conselheiros da Universidade foram recepcionados com um coquetel, no Salão Nobre da Faem. O cardápio foi concebido e elaborado por uma equipe de acadêmicos do curso de Gastronomia da UFPel, coordenada pelo professor Alcides Gomes Neto. A atividade teve o apoio da coordenadora do Restaurante Escola da UFPel, nutricionista Moema Zambiazi.

Publicado em 11/01/2013, em Notícias.